Dicas tornam perfeitos os primeiros 30 dias entre você e seu gato recém-adotado - Pet é pop

Dicas tornam perfeitos os primeiros 30 dias entre você e seu gato recém-adotado

Dicas tornam perfeitos os primeiros 30 dias entre você e seu gato recém-adotado
Dicas tornam perfeitos os primeiros 30 dias entre você e seu gato recém-adotado
Dicas tornam perfeitos os primeiros 30 dias entre você e seu gato recém-adotado (Foto: Anton Darius/Unsplash)

Os primeiros 30 dias são muito importantes para que o seu novo membro da família se adapte. As primeiras semanas devem ser usadas para estabelecer um forte vínculo entre você e seu gato e criar rotinas saudáveis.

Veja também:

+ Vídeo fofo: veja o que acontece quando um gato de rua decide adotar um humano
+ Nova lei garante proteção legal para pets vítimas de abuso na Coreia do Sul
+ Por que gatos gostam tanto do Zoom? Pergunta intriga donos de bichanos

Confira algumas dicas para que seu relacionamento com o seu novo gato comece bem:

1. Deixe seu gato se instalar

Quando você adota um novo gato, pode esperar que ele precise de tempo para se ajustar e se aclimatar ao novo ambiente. É normal que seu novo gato possa enfrentar um pouco de timidez, mas se você der espaço para ele se adaptar em seus próprios termos, isso ajudará o seu gato a ter uma sensação de controle.

2. Mantenha seu novo gato separado de seus outros gatos

Se você tiver outros gatos em casa, deve mantê-los separados do seu novo gato até que ele se acomode em sua nova rotina. Por conta de serem animais extremamente territorialistas, a recomendação geral é manter os gatos separados por 2 semanas.

Esse período também é considerado uma quarentena, afim de evitar que seu novo gatinho não tenha uma infecção respiratória ou parasitas. Após o período de 2 semanas, caberá ao novo gatinho definir o ritmo de interação com os outros felinos.

Não há um número de dias específico para isso acontecer, por isso, seja paciente e dê-lhes tempo, e você estabelecerá seu novo relacionamento para o sucesso.

3. Prepare o espaço dele com antecedência

Para ajudar seu novo gato a se acomodar, especialistas recomendam que o espaço do gato seja organizado antes de você trazê-lo para casa. Caixas de areia e tigelas de comida e água configuradas antes do gato chegar é fundamental.

Além disso, é importante estabelecer alguma área de sua casa que pertença ao gato. E é importante permitir que eles ampliem seu território lentamente nos próximos dias ou semanas. Por exemplo, um quarto com áreas separadas para a caixa de areia do gato e tigelas de comida e água é preferível a abrir a casa inteira para o gato na primeira semana ou algo assim.

4. Forneça enriquecimento para o seu gato

Além dos suprimentos padrão para gatos, você também deve fornecer ao seu gatinho uma variedade de brinquedos enriquecedores até saber quais eles preferem. Incentive as brincadeiras ao sentar-se com o novo gato e brincar com os brinquedos.

Além disso, os donos devem oferecer opções para arranhar, como um poste com essa função e também uma placa de arranhar plana com um material alternativo ao do poste. Alguns gatos preferem raspadores de sisal verticais, enquanto outros preferem raspadores de almofada horizontal.

Oferecer opções ao seu gato dará a você uma ideia melhor do que ele gosta, e certamente deixará o gato mais feliz.

5. Estabeleça uma rotina estruturada 

Fornecer estrutura e rotina é uma ótima maneira de ajudar seu gatinho a fazer uma transição suave para seu novo lar. Ao estabelecer essa nova rotina, especialistas recomendam definir horários regulares para alimentação, higiene e brincadeiras.

6. Realize cuidados dentários regulares para gatos

Veterinários recomendam escovar os dentes do seu gato regularmente. Você vai querer esperar até que seu novo gato esteja completamente acomodado e confortável em seu novo ambiente antes de incorporar essas novas atividades em sua rotina.

Mas, é importante estabelecer os cuidados desde jovem, começando devagar e oferecendo recompensas para que seu gato entenda que a experiência é positiva.

7. Sessões de treinamento e brincadeira de gatos

Comece devagar com o treinamento e use-o como um momento para se relacionar com seu novo amigo. Como em todas as outras rotinas, faça o treinamento no ritmo com que seu gato se sente confortável e incentive os bons comportamentos por meio do reforço positivo.

8. Faça uma transição lenta para uma nova comida de gato

Ao adotar um gato, você precisará fazer a transição adequada para a ração que planeja alimentar regularmente. Ao fazer a transição de qualquer animal de estimação para uma nova dieta, é melhor fazê-lo lentamente (ao longo de 5 a 7 dias) para evitar distúrbios gastrointestinais.

Os donos de gatos devem conversar com seu veterinário sobre a melhor comida para gatos e como fazer a transição para uma nova dieta.

9. Estabeleça um relacionamento com um veterinário

Assim como acontece com a adoção de qualquer animal companheiro, uma etapa importante no processo é estabelecer um relacionamento com um veterinário em quem você confia. Durante os primeiros dias com seu novo gato, é importante poder contar com um especialista para perguntar sobre os requisitos de higiene, rotinas de alimentação e tipos de alimentos para gatos, oportunidades de exercícios e sinais comuns de doenças a serem observados, entre outras dúvidas comuns que podem surgir neste período.

  • Back to top