Dia do Cachorro: conheça todos os cuidados na hora do banho - Pet é pop

Dia do Cachorro: conheça todos os cuidados na hora do banho

Dia do Cachorro: conheça todos os cuidados na hora do banho
Dia do Cachorro: conheça todos os cuidados na hora do banho
Dia do Cachorro: conheça todos os cuidados na hora do banho (Foto: Divulgação)

Para manter o amigão por perto durante muitos anos – levando em consideração que a espécie vive menos que os humanos – é importante cuidar e amar. Por isso, além da alimentação adequada e um lar cheio de carinho, manter os cuidados com a saúde do animal é fundamental. E saúde inclui banho. Sim, o famigerado banho, que para alguns pets é sinônimo de inferno astral, para outros é diversão. Em ambas as situações, ele precisa ser feito com muito cuidado e atenção. Então neste mês alusivo ao Dia do Cachorro, que tal dar um banho daqueles no seu cãozinho?

Veja também:

+ Esse vídeo com cães que detestam banho vai animar o seu dia
+ Foto com gatos abraçados no telhado quebra a internet
+ Comovente: após dois anos em tratamento, dono e cão se reencontram

Natália Espinosa, Groomer Internacional e diretora da Uau Escola de Estética Animal, empresa profissionalizante de banho e tosa localizada em Sorocaba/SP, explica que o banho e tosa é extremamente importante para a saúde da pele e da pelagem do cachorro, evitando a formação de nós e garantindo a higiene adequada. Mas, para isso, é recomendado que o serviço seja realizado por um tosador profissional. “O trabalho do tosador é importante, porque ele é um profissional que sabe como cuidar do cachorro da maneira correta. Às vezes, um banho executado de maneira errada em casa, por exemplo, pode deixar o cachorro úmido por muito tempo e causar algum tipo de fungo na pele, inflamações de ouvidos, cortes e queimaduras. Além disso, algumas tosas são essenciais para algumas raças, a fim de manter a higiene e bem estar desse animal no dia a dia”, afirma.

O profissional tosador conhece, ainda, as diferenças entre as raças e cuidados específicos com cada uma, principalmente, o temperamento de cada uma. Por isso, ele sabe lidar com diversas situações. Para os cães de grande porte, por exemplo, são usadas técnicas diferentes das usadas em cães de pequeno porte, assim como para os mais agitados em comparação aos mansos, como o uso de guias e colares. “Saber tocar no animal para ver como ele reage também é uma técnica que deve ser feita por um profissional que, conforme ele vai conhecendo o pet, passa a saber como agir para garantir e preservar a sua saúde e integridade física”, explica.

Ismalia, 7 anos, e Jordan, de 10, são um casal de Scottish Terrier que vão regularmente ao banho e tosa. Segundo a tutora, a comunicóloga Ariadne Botechia, esse momento é considerado uma diversão para os bichanos, além de um cuidado todo especial com a pele e pelo. “A frequência de banho é quinzenal. Gosto de levá-los na Uau Escola, pois os meus cães possuem subpelagem, e isso requer uma tosa minuciosa e bastante técnica. Os cães de maneira geral sempre significaram muito para mim. São tudo o que há de bom! Eles são amor, carinho, parceria e compreensão. Uma explosão de ótimos adjetivos, por isso, o cuidado com eles é uma de minhas prioridades”, afirma.

Banho em casa requer cuidados ainda maiores

Para quem costuma dar banho nos cachorros em casa, Natália orienta sobre os cuidados necessários. “Saber escovar corretamente o pelo para que o animal não fique com nós durante o banho e o uso de algodão impermeável, não podendo ser o comum para ele não se tornar um conta-gotas no ouvido do cachorro, são cuidados essenciais para o banho em casa. Também é importante que o tutor tenha os equipamentos adequados para a secagem dos pelos, evitar usar os domésticos ou usar com cautela, pois é mais quente que o secador profissional para banho e tosa, já que não possui tanta vazão de ar”, explica.

Natália alerta, ainda, para o cuidado com os olhos, focinho e a utilização do cortador de unha específico para animais. “Qualquer procedimento que necessita de máquina, lâmina ou tesoura requer as habilidades de um profissional tosador para evitar qualquer tipo de incidente. Ou, ainda, o tutor pode buscar um curso de cuidados básicos em casa para saber como realizar o serviço de maneira segura”, finaliza.

A verdade é uma só: o melhor amigo do homem merece o melhor cuidado sempre. Seja no petshop ou em casa, sua saúde deve estar, sempre, em primeiro lugar.

  • Back to top