Conheça os gatos aventureiros mais famosos nas redes sociais - Pet é pop

Conheça os gatos aventureiros mais famosos nas redes sociais

Conheça os gatos aventureiros mais famosos nas redes sociais
Conheça os gatos aventureiros mais famosos nas redes sociais
Conheça os gatos aventureiros mais famosos nas redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram)

Os canadenses aventureiros abraçaram a natureza no último ano e meio por conta da pandemia, e seus companheiros felinos, estão acompanhando seus donos.

Veja também:

+ Especialistas explicam por que alguns gatos gostam de dormir na cabeça dos donos
+ Os gatos detestam mesmo água? Veja o que a ciência tem a dizer
+ Seus gatos brigam muito? Saiba o que fazer para dar um fim nisso

Esses animais são conhecidos como “gatos aventureiros”, pois são colocados na coleira para explorar o mundo exterior com seus donos, estejam eles fazendo caminhadas, caiaque ou até mesmo esquiando.

Muitos ganharam muitos seguidores nas redes sociais por conta disso. A hashtag #adventurecats em aplicativos como Instagram e TikTok traz muitas contas dedicadas a esse tipo de conteúdo.

Embora um gato na coleira ainda seja incomum, Julie Posluns, que dirige uma escola de treinamento de gatos online, diz que viu um interesse crescente em seus cursos desde o início da pandemia.

“Acho que quanto mais as pessoas percebiam que estavam em casa, mais pensavam, ‘OK, acho que é hora de apenas adquirir alguns novos hobbies em casa'”, explicou ela ao CBC Canada.

Conheça alguns gatos aventureiros famosos nas redes sociais:

Fig, o Maine Coon

Chelsea Robinson, uma alpinista de longa data que vive na Ilha de Vancouver, no Canadá, ganhou seu gatinho Maine Coon no inverno passado. Poucos dias depois de trazê-la para casa, ela colocou o gato, chamado Fig, em uma coleira e foi para a praia.

“Ela ficou encantada”, disse ela. “Ainda hoje, não importa aonde vamos, a praia é seu lugar favorito.” Fig adora especialmente assistir as ondas quebrando na praia, segundo Chelsea.

Fig e Chelsea fazem caminhadas todos os dias, seja uma caminhada curta para pegar os filhos de Robinson na escola ou uma caminhada de várias horas pela floresta no fim de semana. Fig tem sido uma “luz brilhante” para Robinson durante a pandemia, disse ela.

Também é algo que ela ouve de pessoas que seguem as aventuras de Fig online. Chelsea compartilha fotos e vídeos de suas atividades no Instagram e TikTok, onde Fig acumulou coletivamente cerca de 150 mil seguidores. “Ela traz muita alegria às pessoas”, concluiu ela.

Finn, o Siberiano

Outra dona de gato, Aleena Fiorotto, diz que estava “determinada a ter um gato de aventura” quando ganhou seu gatinho Siberiano, Finnegan, no ano passado. Felizmente, o temperamento tranquilo de Finn tornava o treinamento com coleira relativamente fácil, disse ela.

“Eu posso levá-lo para qualquer lugar, em qualquer situação, com qualquer tipo de animal novo ou qualquer coisa. E ele fica tipo, ‘Isso é bom'”, disse Aleena.

A dupla até já andou de caiaque e enquanto Aleena diz que Finn estava um pouco “desconfiado” do movimento da água no início, ele ficou feliz quando eles partiram. “Ele se acomodou e apenas se deitou e observou a paisagem”, disse ela.

Aleena também compartilha as façanhas de seu gato no Instagram, onde Finn tem mais de 21 mil seguidores. Ter um gato aventureiro levou Aleena a sair mais do que sozinha, disse ela. Ela adora ver como Finn se envolve com o mundo ao seu redor e como ele interage com estranhos encantados nas trilhas.

Você quer um gato aventureiro?

Alguns especialistas dizem que, embora os gatos possam se beneficiar de caminhadas com guia, há vários fatores que devem ser levados em consideração antes de tentar fazê-lo.

Julie Posluns disse que um arnês e uma guia resistentes precisam ser testados em seu gato dentro de casa antes de você pensar em sair de casa, já que muitos gatos inicialmente não gostam da sensação de um arnês. Uma introdução gradual é melhor.

“Acho que é muito importante lembrar que estamos fazendo isso primeiro para o enriquecimento de nossos gatos”, sugeriu ela. “Não para levá-los a uma aventura divertida para tirar fotos nas redes sociais, mas, tipo, o que vai enriquecer a vida do seu gato?”

Outra recomendação é que você precisa estar em sintonia com a linguagem corporal do seu gato enquanto o aclimata à coleira e ao ar livre. Os sinais de que o seu gato está infeliz por estar ao ar livre incluem orelhas achatadas, falta de vontade de se mover, corpos curvados e respiração com a boca aberta, o que são sinais de estresse.

Mas, se eles estão andando por aí, farejando e explorando, então eles estão se sentindo muito bem com o passeio. Lembrando que, antes de tirar seu gato de caso, certifique-se que as vacinas contra parasitas estão em dia.

  • Back to top