Conheça o gato mais caro de Londres, avaliado em mais de R$ 27 mil - Pet é pop

Conheça o gato mais caro de Londres, avaliado em mais de R$ 27 mil

Conheça o gato mais caro de Londres, avaliado em mais de R$ 27 mil
Conheça o gato mais caro de Londres, avaliado em mais de R$ 27 mil
Conheça o gato mais caro de Londres, avaliado em mais de R$ 27 mil (Foto: Soufiane El Khalili)

Pearl, um gato de bengala, é considerado o felino mais caro de Londres e está à venda por £ 4.000, o que equivale à cerca de R$ 27 mil.

Veja também:

+ Tudo o que você precisa saber para alimentar seu cão ou gato do jeito certo
+ 11 coisas que você precisa saber sobre gatos da raça maine coon
+ Netflix estreia série voltada para quem tem paixão por gatos

Soufiane El Khalili, de 27 anos, conversou com o site My London e explicou o motivo do preço exorbitante. “É a geração do gato que afeta o preço, este gato é um F2, então esse é o preço”, disse ele. “Então, por exemplo, um F3 (que seriam os filhos deste gato) será mais caro do que um F4, que vendi por £ 1.000 (aproximadamente R$ 7 mil). Mas, como qualquer gato, eles não custam muito para manter, apenas cerca de £ 20 (R$ 130) por semana.”

A letra F seguida por um número refere-se a quantas gerações o gato pertence ao leopardo. Por exemplo, um F1 será o filho de um gato doméstico cruzado com o gato selvagem, e um F2 (que é a classificação de Pearl) será o neto do gato selvagem.

No entanto, para ter um gato F1 você precisa de uma licença para animais, que ele diz que pode custar milhares. Soufiane também está ciente de que algumas pessoas podem levantar suas sobrancelhas com a perspectiva de ser visto como um animal selvagem vagando pela casa, mas ele insiste que eles são adoráveis de se ter por perto. “Não é perigoso, eles são tão fofos e legais, como um gato normal, mas mais bonitos”, explicou ele.

No entanto, como a demanda por animais de estimação disparou, os oportunistas entraram no movimento para ganhar dinheiro rápido. “Certifique-se de que o veterinário fez as verificações adequadas e certifique-se de verificar o gato você mesmo antes de deixar um depósito, porque há muito pouco que você pode fazer além disso”, alertou Soufiane.

Apesar de Pearl valer muito financeiramente, Soufiane diz que não se sente em risco constante de ser atacado, mesmo quando tem gente vindo para vê-lo. No entanto, ele sabe que os roubos de animais de estimação, em particular de cães e gatos, aumentaram recentemente.

“Alguém tentando roubar meu telefone já seria ruim, mas se eles roubassem meu gato eu me sentiria péssimo”, lamentou.  E ele alegou que está determinado a ser um criador moral, ao contrário de alguém que apenas cria gatinhos puramente para o lucro. “Não quero criá-los mais do que quatro vezes, no máximo 4 vezes, porque não é bom para o gato”, disse ele.

Ele também detesta criadores que mantêm gatos em gaiolas, pois isso “não é humano”.

  • Back to top