Conheça Frankie, o gato que tem quatro orelhas e um olho - Pet é pop

Conheça Frankie, o gato que tem quatro orelhas e um olho



Frankie é um sobrevivente. Filho de uma gata de rua, nasceu debaixo de uma casa nos subúrbios de Geelong, cidade australiana no estado de Victoria. Foi encontrado ali junto de uma irmã, que não apresenta as singularidades do gato.

Fotos Facebook

Ele veio ao mundo com quatro orelhas. Quando foi encontrado, apresentava uma infecção dolorosa no olho direito, que precisou ser removido. Depois da cirurgia e de ganhar peso, foi entregue à Associação de Bem-Estar Animal de Geelong (GAWS, na sigla em inglês).

Foi ali que Georgi Anderson, moradora da cidade, resolveu adotar aquele gato diferente. Demonstrando bom humor, logo batizou o bichano de Frankenkitten, uma mistura de Frankenstein e gatinho, mas só o chama de Frankie.

As duas orelhas de trás são perfeitamente normais e abrigam todos os órgãos necessários para a audição. Já as duas dianteiras são um tecido extra, sem tímpano nem terminações nervosas, fruto de malformação congênita.

Isso não representa nenhum perigo à saúde de Frankie. Ao ser informada disso pelos veterinários, Georgi decidiu manter esse recurso exclusivo do gato.

Outra peculiaridade de Frankie é seu maxilar. Maior que o normal, ele gerou preocupação sobre como isso afetaria sua capacidade de se alimentar e o desenvolvimento de seus dentes. O tempo mostrou que ele come sem problemas, mas os caninos inferiores precisaram ser extraídos.

Apesar de ser um pequeno mistério genético, Frankenkitten é um gatinho normal, explorando seu mundo, fazendo travessuras e convivendo feliz com os humanos e demais animais da casa.

Veja também

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las
+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’
+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância
+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo

  • Back to top