Conheça as 10 raças de cães mais antigas do mundo - Pet é pop

Conheça as 10 raças de cães mais antigas do mundo

Conheça as 10 raças de cães mais antigas do mundo
Conheça as 10 raças de cães mais antigas do mundo
Conheça as 10 raças de cães mais antigas do mundo (Foto: Monika Stawowy/Unsplash)

Especialistas acreditam que o cachorro foi o primeiro animal domesticado, com arqueólogos descobrindo restos de cães confirmados em túmulos humanos que datam de 14.700 anos atrás. Muitas dessas raças foram extintas, enquanto outras prosperaram e sobreviveram.

Veja também:

+ Vídeo absurdo: dono tem a ideia irresponsável de passear com os cães sobre o capô da picape
+ Vídeo: cãozinho para motociclista, ganha carona e encanta a internet
+ 10 raças de gatos que têm a pelagem tão fofa que ajudam a combater o estresse

Aqui estão as 10 raças mais antigas, segundo os cientistas:

1. Basenji

O Basenji é o principal candidato para a raça de cão mais antiga ainda existente. Também conhecido por ser a única raça de cão que não late (eles fazem um barulho estranho de canto), eles foram encontrados retratados em pinturas rupestres na Líbia que datam de cerca de 6000 aC.

2. Saluki

Uma das várias raças que podem ser rastreadas até o antigo Egito, cães que se parecem com o Saluki podem ser vistos em túmulos egípcios que datam de cerca de 2100 aC. A raça então se espalhou para a China, onde existem registros deles de 685 dC.

3. Galgo Afegão

Parente próximo do Saluki, o Galgo Afegão é outra raça que muitos pensam que se originou no antigo Egito há milhares de anos. Noé escolheu levar o Galgo Afegão em sua arca para sobreviver às inundações, mostrando há quanto tempo a raça existe.

4. Mastim Tibetano

Acredita-se que o Mastim Tibetano seja o ancestral de todas as raças modernas de Mastins. Eles foram usados ​​por tribos no Tibete para proteger o gado de predadores locais, como lobos e ursos. Um estudo recente concluiu que esta poderia ser a primeira raça domesticada, há cerca de 58.000 anos.

5. Husky Siberiano

Outra raça com um histórico de ajudar os humanos no norte gelado, o Husky Siberiano é uma das raças de cães mais antigas do mundo. O povo Chukchi do leste da Sibéria confiou nos cães para desenvolver sua cultura de caçadores-coletores há milhares de anos, usando-os para puxar trenós, proteger a tribo de invasores e caçar animais para alimentação.

6. Cão de Trenó da Groenlândia

Acredita-se que o cão de trenó da Groenlândia tenha sido domesticado pelos paleo-esquimós em 2.500 aC, antes de se tornar um cachorro favorito dos vikings. Eles então se espalharam pelas regiões do norte por baleeiros, exploradores e comerciantes de peles que os usavam para transportar pessoas e itens.

7. Shiba Inu

O cachorro oficial do Japão, acredita-se que as origens do Shiba Inu remontam a cerca de 9.000 anos. Desenhos primitivos de 200 aC foram encontrados representando esta raça vivendo com os humanos.

8. Samoieda

Outra raça siberiana, o Samoieda é nomeado em homenagem às pessoas que os usavam para caçar, pastorear renas e trenós. A análise de DNA descobriu que a raça tem pelo menos 3.000 anos, datando de quando eles se mudaram para o Ártico com seus humanos por volta de 1000 aC.

9. Chow Chow

Registros e obras de artes de séculos atrás representam o Chow Chow, incluindo esculturas chinesas da dinastia Han de cerca de 150 aC. Juntamente com vários modelos de cerâmica da época que têm uma notável semelhança com a raça moderna. Os especialistas acreditam que o Chow Chow existe há pelo menos 2.000 anos.

10. Pequinês

Originalmente de Pequim, os registros mostram que os pequineses existiam há pelo menos 2.000 anos. Apenas a realeza podia possuir um pequinês e eles são vistos como animais sagrados. A lenda afirma que o primeiro pequinês foi um leão que foi encolhido por Buda.



  • Back to top