Confira os benefícios do CBD para a saúde do seu gato - Pet é pop

Confira os benefícios do CBD para a saúde do seu gato

Confira os benefícios do CBD para a saúde do seu gato
Confira os benefícios do CBD para a saúde do seu gato
Confira os benefícios do CBD para a saúde do seu gato (Foto: Pixabay)

Os benefícios do CBD para a saúde dos cães são bastante conhecidos, mas você já ouvir falar que o CBD também pode ser usado para gatos? Sim, seu felino também pode se beneficiar das propriedades curativas do CBD tão bem quanto um humano ou um cachorro.

Veja também:

+ 9 razões pelas quais você deveria dar óleo de CBD para o seu gato
+ Saiba como socializar aquele cãozinho que entrou na sua vida durante a pandemia
+ Vídeo hilário: gato descobre câmera instalada para vigiá-lo e fica muito curioso

Tire todas as suas dúvidas sobre o uso do CBD para os gatos:

O que é CBD?

CBD é a abreviação de canabidiol, que é um dos mais de oitenta canabinóides encontrados na planta cannabis. É o segundo mais conhecido depois do THC. No entanto, enquanto o THC tem efeitos psicoativos, o CBD não, então, não se preocupe, o CBD não vai deixar seu gato chapado. Ele vem da planta de cânhamo em vez da planta de maconha.

Uso em gatos

Assim como em humanos, os gatos estão equipados com ECS (sistemas endocanabinóides) que são responsáveis ​​por regular coisas como imunidade, apetite, dor, humor e sono.

Existem receptores de cannabis nos cérebros, nervos e medula espinhal dos gatos, e na verdade produzimos canabinóides naturais, chamados endocanabinóides, e estes se ligam a esses receptores.

Por causa disso, quando um gato ingere CBD, ele basicamente complementa o sistema endocanabinóide, assim como tomar vitamina C é um suplemento eficaz para seu sistema imunológico.

O que ajuda?

Existem inúmeros relatos de como os donos deram óleo de CBD aos seus gatos e viram melhorias drásticas na vida deles e até economizaram dinheiro com as contas do veterinário.

O CBD para gatos conseguiu tornar os felinos um pouco mais confortáveis ​​à medida que se aproximavam do fim de suas vidas. Aqueles que sofrem de câncer ou várias outras doenças terminais viveram mais do que o esperado e com menos desconforto e dor.

Também pode ajudar gatos que sofrem de coisas como falta de energia, medo constante, medo de raios e fogos de artifício, além de tratar a perda de apetite e a ansiedade nos felinos.

Ajuda no tratamento de condições sérias 

Uma das condições sérias com as quais o CBD pode ajudar os gatos é a artrite. Por causa dos efeitos anti-inflamatórios, muitos donos usam guloseimas de CBD para controlar a artrite de seus cães, e donos de gatos também podem usar CBD para seus animais de estimação.

Outro par de condições que o CBD pode ajudar os gatos são DII (Doença Inflamatória Intestinal) e pancreatite, pois ambos são causados ​​por inflamações. Com a DII, o CBD, em alguns casos, ajudou a melhorar sintomas como perda de peso, diarreia e vômitos. Com a pancreatite, quando o CBD é combinado com uma dieta pobre em gorduras, pode melhorar muito a qualidade de vida do animal.

A asma é outra doença inflamatória que o CBD pode ajudar. Quando gatos com asma tomam CBD, pode diminuir a inflamação, o que resulta em menos ataques de asma.

Existem efeitos colaterais?

Quando os gatos tomam CBD, o principal efeito colateral que você pode esperar é que o CBD pode deixá-los um pouco sedados. Quando você perceber que isso está acontecendo, o melhor a fazer é diminuir um pouco a dosagem.

Assim como com os humanos, cada gato reagirá de maneira um pouco diferente. No entanto, também existem efeitos colaterais positivos. Por exemplo, se você der CBD ao seu gato para uma condição, como artrite, também pode ajudar com outros problemas.

Uma coisa importante a mencionar é que nunca há necessidade de você alimentar seu gato com maconha, dar-lhe produtos com alto teor de THC ou até mesmo soprar fumaça de maconha perto deles. O THC tem um efeito diferente em humanos do que em gatos devido ao fato de que eles têm mais receptores CB-1 em seus cérebros do que nós, por conta disso, o THC pode torná-los mais desconfortáveis ​​e paranóicos.



  • Back to top