Confira formas naturais de manter o seu gato livre das pulgas - Pet é pop

Confira formas naturais de manter o seu gato livre das pulgas

Confira formas naturais de manter o seu gato livre das pulgas
Confira formas naturais de manter o seu gato livre das pulgas
Confira formas naturais de manter o seu gato livre das pulgas (Foto: Rihaji/Pixabay)

Os donos estão cada vez mais procurando alternativas naturais para prevenir e tratar os gatos contra as pulgas. Confira as melhores opções de acordo com um especialista.

Veja também:

Se o seu gato tem acesso livre à rua ou mesmo que ele fique em casa, ele pode pegar pulgas. Alguns remédios naturais podem te ajudar no tratamento das pulgas, mas, cuidado, algumas ideias que dão na internet podem ser prejudiciais ao seu felino, como o uso de alho e cebola, que pode causar anemia aos gatos.

“Dê a ele uma pitada de fermento nutricional orgânico, rico em vitaminas do complexo B, em sua comida, chegando a meia colher de chá por dia. Muitas pessoas descobriram que isso mantém as pulgas longe de seus gatos”, explica o veterinário Dr. Michael Fox.

O médico também recomenda o uso de sprays para a pele do gato. “Borrife em suas mãos e depois acaricie-o, se ele não gostar do spray aplicado diretamente, antes de deixá-lo ao ar livre”, diz o Dr. Fox. “Experimente mergulhar lavanda fresca em água morna durante a noite ou limão cortado em água fervida para sentar à temperatura ambiente durante a noite. Coe e guarde o líquido em um recipiente apertado na geladeira. Use 1 xícara de água para um punhado de lavanda ou um limão. Como alternativa, misture 1 xícara de vinagre de cidra de maçã orgânico em meia xícara de água.”

Em seguida, o líquido preparado deve ser esfregado no gato, na nuca e atrás das orelhas. Ele ressalta que é importante evitar a parte inferior das costas, porque é um local que ele pode lamber e os resíduos do spray podem causar uma leve dor de estômago.

Um pente anti-pulgas também é essencial para a prevenção, então aplique o repelente líquido a cada três dias.

O conselho acima também pode ser aplicado a cães. “Os cães também podem ter suspensões de óleos essenciais como uma mistura de lavanda, cedro, pinho ou eucalipto em água colocada em sua pele. Mas esses óleos essenciais não são para gatos, que carecem das enzimas hepáticas para prevenir qualquer toxicidade dessas essências vegetais concentradas e podem ficar doentes depois de limpar o pêlo pulverizado”, finaliza o especialista.

  • Back to top