Confira 5 coisas que deixam o gatos estressados - Pet é pop

Confira 5 coisas que deixam o gatos estressados



Confira 5 coisas que deixam o gatos estressados
Imagem de Loan por Unsplash

Alguns sons e cheiros que nós amamos podem deixar os gatos estressados. Eles têm olfato e audição muito apurados, que são feitos para a vida selvagem.

Veja também:

Confira dez dicas para acalmar um gato estressado ou medroso
Gatos na quarentena: mudanças na rotina podem deixar seu pet estressado e até doente
Decifre as expressões e a linguagem corporal do seu gato

Ninguém sabe ao certo o efeito que esses estímulos podem ter nos nossos amigos felinos, porque não há muitos estudos científicos sobre o assunto. Ainda assim, especialistas concordam que é importante identificar os sons e cheiros que podem deixar os gatos estressados para retirá-los do ambiente em que eles vivem.

Confira os estímulos que deixam os gatos estressados:

1- Tempestades e fogos de artifício

Sons muito altos e mudanças inesperadas na pressão atmosférica farão os gatos ficarem em alerta. A reação dos gatos a esses estímulos é uma resposta evolutiva, de acordo com especialistas.

Enquanto humanos podem se assustar com esses sons, podemos identificar que eles não nos causarão mal, ao contrário de gatos. Os felinos podem, ainda, associar os sons altos com experiências ruins e, às vezes, não há nenhuma explicação lógica para essa reação.

Sabendo que você não pode controlar todos os sons do ambiente, você pode se preparar para certas situações. Confinar o gato em um quarto que ele se sinta confortável antes de um jogo de futebol, por exemplo, pode previnir que ele se assuste com os sons dos fogos de artifício. Mas, se ele já encontrou um espaço para se esconder em algum outro canto da casa, deixe-o lá, pois movê-lo pode causar ainda mais estresse.

2- Sons de alta frequência

Sons como tempestades e fogos de artifício não são os únicos que podem estressar os gatos. Sons de alta frequência como o apitar de uma chaleira e até nossas vozes podem causar ansiedade nos felinos.

Cientistas dizem que os gatos conseguem escutar uma ampla frequência de sons, incluindo os agudos. Isso significa que eles conseguem escutar sons no ambiente que humanos não conseguem, incluindo o monitor do computador, uma lâmpada fluorescente e, até, o interruptor da luz.

Os gatos desenvolvem audição supersônica quando ainda são filhotes. Considerando que estes animais caçam ratos, que se comunicam em alta frequência, essa habilidade faz sentido. Mas, ela pode não ser muito bem-vinda em um ambiente doméstico.

Uma maneira de evitar que seu gato de estresse com este tipo de som, é ter cautela com o local que você coloca a caixa de areia dele. Tente deixá-la em um local que não fará barulhos altos, longe da máquina de lavar, por exemplo.

3- Cheiros fortes

Podemos achar o cheiro da hortelã revigorante, mas, é um cheiro muito forte, então seu gato pode não compartilhar do mesmo entusiasmo. De acordo com especialistas, o olfato felino é 14 vezes mais apurado que o de humanos. Desde bebês eles já sentem os cheiros mais intensos que os seus donos.

Ninguém sabe ao certo o por quê dos gatos terem esse sentido tão apurado, mas acredita-se que é porque eles são carnívoros e não precisam comer frutas cítricas ou carboidratos.

E alguns cítricos podem até ser tóxicos. Se o seu gato quiser comer alguma fruta cítrica, tenha certeza que o que você está oferecendo é seguro para ele. Por exemplo, a laranja é comestível, mas a casca pode causar problemas de saúde no pet.

4- Produtos de limpeza e óleos essenciais

Gatos são ultrassensíveis à aerossóis. O sistema respiratório deles é muito sensível e, quando eles respiram este tipo de produto, pode levar a um ataque de asma e, até, bronquite crônica.

Produtos de limpeza com cheiro forte de pinho também são nocivos. Especialistas afirmam que é melhor evitar este tipo de produto, especialmente para limpeza da caixa de areia. Opte por um produto pet-friendly, melhor ainda se não tiver cheiro.

Além disso, óleos essenciais também devem ser usados com cautela perto dos gatos, pois podem causar desconforto e até podem ser tóxicos ao pet, como no caso dos óleos de limão e laranja.

5- Cães, animais pregadores e outros gatos

Cães estão no primeiro lugar da lista de causadores de ansiedade nos gatos. Em segundo lugar está o cheiro de urina de outros gatos.

Os cheiros de cães, outros gatos e animais predadores podem deixar os gatos estressados, afinal, eles são uma espécie de presas e predadores, ao mesmo tempo.

Se seu gato tem dificuldades reais de convivência com cães, procure um veterinário especializado em felinos, que tem uma área separada de espera e exames para gatos, o que pode ajudar na diminuição do estresse.

Veja também

+ Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg

+ Artista recria rostos de imperadores romanos

+App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+McDonald’s vende molho especial pela primeira vez no Brasil

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo


  • Back to top