Confira 3 dicas para fazer a foto perfeita do seu pet - Pet é pop

Confira 3 dicas para fazer a foto perfeita do seu pet

cão e gato - Foto Pixabay



cão e gato - Foto Pixabay

O roteiro é quase sempre o mesmo. Sempre que a família ganha um novo pet, a primeira tarefa dos anfitriões é sacar o celular e fazer um monte de fotografias e compartilhar com amigos, parentes e redes sociais.

Se você já fez isso, tenha uma certeza: as fotos poderiam ter ficado melhores. Não que a gente duvide do seu talento de fotógrafo, mas são grandes as chances de o resultado ter ficado aquém da beleza e diversão que o novo bichinho trouxe para a sua casa.

Pode ser que a imagem nunca fique 100% perfeito, mas com paciência suficiente e algum conhecimento básico de edição, você pode chegar bem perto. Os aplicativos gratuitos apresentados no vídeo abaixo ajudam bastante.

Assim, caro amante dos animais, se você deseja registrar os melhores ângulos possíveis do seu querido companheiro, confira três dicas infalíveis.

Finja que não é com eles

cão e gato - Foto Pixabay

Pequenos animais, como roedores e coelhos, tendem a ter medo de barulhos e movimentos bruscos. Animais de estimação maiores, como cães e gatos, também podem ficar um pouco nervosos com ruídos e movimentos inesperados.

Isso ocorre porque, na natureza, muitos desses animais operam com medo de predadores maiores. Isso pode dificultar que eles fiquem parados o tempo suficiente para uma foto e pode levar a um desastre quando o flash dispara.

É aqui que os disparos à distância e com o uso do timer podem ser úteis. Mantenha o bichinho no enquadramento, mas dê espaço suficiente para que ele se sinta confortável ​​e seguro.

Se você invadir a “bolha pessoal” do animal, é provável que ele se mova na melhor das hipóteses ou saia correndo na pior. Adote uma abordagem sutil.

Faça parecer que é brincadeira

cão e gato - Foto Pixabay

As fotos em movimento são divertidas e adicionam dinamismo a qualquer imagem. Um exemplo é um cachorro que gosta de correr e explorar. Arremessar uma bola alto o suficiente, dá tempo ao dono fotógrafo enquadrar o bichinho e fazer o disparo da câmera.

Às vezes, os animais podem ser teimosos e se recusar a deixar o sofá (ou a cama, ou a parte superior da geladeira). Mas isso não significa que não há chance de conseguir uma boa foto.

Tente deixar seu animal de estimação animado ou brincalhão com as atividades de que ele mais gosta. Se isso falhar, procure um ângulo legal e registre o pet na sua zona de conforto.

Mantenha distância

cão e gato - Foto Pixabay

As únicas fotos ruins são aquelas que você não tira. Se o seu animal de estimação é preguiçoso e quer apenas relaxar, ainda é uma ótima oportunidade para uma foto natural.

Momentos espontâneos como esses podem ser charmosos e engraçados, ou mesmo serenos e calmantes.

Seja o que for que seu animal de estimação esteja fazendo, apenas desfrute das ações deles e mantenha distância suficiente entre eles e sua câmera.

Manter distância é a chave para obter melhores fotos – mesmo em um estúdio.

Não existe apenas uma maneira de fazer a melhor foto do seu pet. O ideal é esperar pelo momento especial (em atividade ou repouso) e fazer o disparo.

No final, paciência e calma é o melhor caminho a seguir para você e seu companheiro. Bons cliques!

Veja também

+ Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg

+ Artista recria rostos de imperadores romanos

+App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+McDonald’s vende molho especial pela primeira vez no Brasil

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo


  • Back to top