Concurso vai decidir qual cão é mais inteligente; e você vai poder assistir - Pet é pop

Concurso vai decidir qual cão é mais inteligente; e você vai poder assistir

Concurso vai decidir qual cão é mais inteligente; e você vai poder assistir
Concurso vai decidir qual cão é mais inteligente; e você vai poder assistir
Concurso vai decidir qual cão é mais inteligente; e você vai poder assistir (Foto: Marcos Ojeda)

A busca pelo cão mais inteligente do mundo começa nesta quarta-feira (11), com os cães competindo em um evento transmitido ao vivo, para serem coroados os melhores da classe canina.

Veja também:

10 raças calmas para quem quer ter um cão sem incomodar os vizinhos
Saiba qual é a raça de cão perfeita pra você, de acordo com o seu signo
Conheça Gen, o cão que tem mais expressões faciais que muito ator por aí

Pesquisadores na Hungria passaram mais de dois anos procurando cães que pudessem reconhecer os nomes de seus diferentes brinquedos, anunciando que os donos se apresentassem nas redes sociais.

Agora, os cães que eles descobriram irão para participar de uma série de experimentos transmitidos ao vivo, chamados de “Desafio do Cão Genius“.

A Dra. Claudia Fugazza, da Universidade Eötvös Loránd, uma das cientistas por trás do projeto, disse que eles estão procurando um talento raro. “Encontramos seis desses cães espalhados por todo o mundo”, disse ela. Todos são Border collies e foram descobertos na Espanha, Noruega, Hungria, Flórida, Holanda e Brasil.

Claudia ainda salientou: “É claro que não podemos afirmar que essa é uma habilidade que pertence apenas aos Border collies, mas parece ser mais frequente neles”.

A especialista acrescentou que, embora houvesse um punhado de relatos de cães sendo capazes de aprender rótulos para objetos, cada um envolvia apenas um animal, isso é porque, provavelmente, a habilidade é muito rara.

Entre os estudos anteriores, tinha um relatório na revista Science em 2004 de um Border collie chamado Rico, que sabia os nomes de mais de 200 itens, enquanto o parlamentar John Lubbock, Lord Avebury, aparentemente alegou que seu cachorro, Van, era alfabetizado.

Claudia disse que aprender nomes de itens parece ser uma tarefa muito diferente para cães do que aprender comandos. “Em dois anos de nosso projeto, não conseguimos treinar cães para reconhecer o nome de objetos”, disse.

Embora ainda não esteja claro se os cães entendem as palavras da mesma forma que um humano, a equipe está ansiosa para descobrir as diferenças entre os cães capazes de aprender palavras e os que não conseguem.

O novo concurso gira em torno de dois desafios. No primeiro, os cães terão a tarefa de aprender os nomes de seis novos brinquedos em uma semana, enquanto no segundo teste eles terão a tarefa de aprender os nomes de 12 novos brinquedos em uma semana.

Os competidores, que incluem cães chamados Max, Gaia e Whisky, serão testados em seis transmissões ao vivo no Facebook e YouTube às 19h, de 11 de novembro a 16 de dezembro, com cada transmissão mostrando dois dos cães sendo desafiados.

Claudia disse que espera que os experimentos não apenas esclareçam a rapidez com que esses cães podem aprender novas palavras, mas também encorajem mais donos desses cães a se apresentarem para que a equipe possa realizar mais investigações, como estudos de neuroimagem.

Se o vencedor pode realmente ser considerado o cão mais inteligente do mundo é uma questão de debate, até porque os experimentos se concentrarão em apenas uma habilidade.

Mas, Claudia disse que acredita que é justo descrever os seis candidatos como talentosos ou dotados. “Podemos dizer que há muitos bons músicos entre os humanos, mas Mozart era um pouco diferente”, concluiu ela.

  • Back to top