Como saber se os gatos estão brincando ou brigando - Pet é pop

Como saber se os gatos estão brincando ou brigando



Como saber se os gatos estão brincando ou brigando
Imagem de Dan Gold por Unsplash

Brincadeira ou briga? É comum ver seus gatos brincando, pulando em cima do outro, se mordendo ou se arranhando, mas como saber se é normal ou se deveríamos intervir?

Veja também:

Cientistas estudam por que os gatos adoram ficar sobre o teclado do computador
Confira 5 coisas que deixam o gatos estressados
8 coisas que talvez você não saiba sobre os gatos, segundo a ciência

Gatos não são os animais mais fáceis de entender, mas têm alguns sinais que o dono deve ficar atento para diferenciar diversão de agressão.

Primeiro, gatos costumam se direcionar um ao outro durante as brincadeiras. Já felinos com as costas arqueadas e se afastando do outro gato estão prontos para brigar.

Gatos também costumam revezar entre quem é o “predador” e quem é a “presa” enquanto estão brincando. Um deles pode tentar ser mais dominante que o outro, mas se um deles sempre assume o papel do agressor, provavelmente não é uma brincadeira amigável.

Além disso, gatos geralmente fazem pequenas pausas durante a brincadeira. Em uma briga, a ação é contínua.

É importante checar os olhos e as orelhas dos gatos. Se eles tiverem intenções amigáveis, é provável que eles tenham as orelhas relaxadas. As orelhas dos felinos que estão prontos para brigar ficam viradas para trás, algumas vezes até abaixadas para a parte de trás da cabeça. Amigos se olham enquanto estão brincando, já adversários se encaram intensamente.

Preste atenção em mordidas. Gatos brincando podem até morder uns aos outros, mas nunca é tão forte com intenção de causar dor.

Veja também:

Por que os gatos caem de pé? Cientistas tentam explicar
Por que os gatos alaranjados são tão especiais? A ciência responde
Por que os gatos gostam de altura? A ciência responde

Ouvir os gatos também dá dicas sobre a intenção deles. Gatos brincando são, geralmente, mais quietos. Um ou outro miado pode ocorrer durante a brincadeira, mas se rosnados são frequentes, o objetivo não é amigável.

Uma vez que fica determinado que os gatos estão brigando, seja cauteloso com a forma que irá apartar os dois felinos. Nunca coloque suas mãos no meio da briga: eles podem te atacar. Ao invés disso, tente fazer um barulho alto, como bater seus pés no chão, bater palmas ou bater duas panelas juntas, para que eles se assustem.

Uma vez que eles estão separados, coloque cada um em um quarto separado e dê tempo para que eles se desestressem.

Nunca puna seus gatos por brigarem. Ao invés de diminuir a frequência das brigas, a punição pode fazer com que a inimizade entre os felinos aumente.

Deixe seus gatos se divertirem, mas preste atenção a estes sinais para intervir caso a brincadeira fique muito agressiva.

Veja também

+ Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg

+ Artista recria rostos de imperadores romanos

+App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+McDonald’s vende molho especial pela primeira vez no Brasil

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo


  • Back to top