Celebridade nas redes, pug Rocco morre, e dona escreve despedida emocionante - Pet é pop

  • Celebridade nas redes, pug Rocco morre, e dona escreve despedida emocionante

    -->



    É com profundo pesar que o Pet é Pop informa a morte de um de seus ídolos, o pug Rocco, aos 15 anos. Célebre como “pugtender” (fusão de pug com bartender), ele protagonizou inúmeras imagens diante de drinks preparados por sua dona, Lili Novasel, uma mixologista.

    O triste fim de Rocco aconteceu na manhã de segunda-feira, dia 10 de junho. Antes, ele tomou seu último café da manhã, fez uma curta caminhada assistida pelo quintal da casa em Austin, Texas (EUA), e ganhou sua última colherada de chantilly.

    Depois, Lili e seu marido, Nate, foram para a sala, fizeram carinho e seguraram a pata do cãozinho. Até que ele dormiu para não acordar mais.

    Rocco deixa dois “irmãos”, Weldon, também da raça pug, e Niko, uma pitbull. Deixa também uma legião de 28 mil seguidores no Instagram, além de 2.800 curtidores no Facebook e mais de 6.000 likes no Twitter.

    Fotos @roccothepug

    Ao se despedir de seu animalzinho, Lili publicou no Instagram o texto abaixo:

    “Rocco,
    Você morreu pacificamente em nossa sala na segunda-feira, 10 de junho. Seu pai segurou sua pata e eu esfreguei sua testa do jeito que você sempre gostou.

    Através das lágrimas, nós acompanhamos como você deixou seu pequeno corpo, que tinha falhado tão miseravelmente. Você, meu menino, foi tão amado. Mesmo nos seus últimos momentos, você estava cercado de amor, de nós, do dr. Turner e a veterinário Courtney.

    Até Weldon veio se despedir e sentou-se ao seu lado. E Niko deu um beijo em Courtney para agradecer por tanta gentileza com você quando ela te levou para fora. Ver você sair de casa e saber que nunca voltaria foi tão difícil para mim e para seu pai.

    Voltei egoisticamente ao trabalho na terça-feira porque precisava desesperadamente escapar de todas as lembranças que tenho em nossa casa. À noite, quando estou aqui, continuo vendo você pelo canto do meu olho e, embora eu saiba que não é você, eu realmente queria que fosse. Eu sinto tanto a sua falta, amigo.

    Tanto que, como tivemos que nos tirar a sua almofada da memória, peguei-me escavando a lata de lixo um dia depois. Abracei o bloco o mais forte que pude e chorei até não poder respirar porque cheirava tanto a você. Tudo o que eu conseguia pensar naquele momento era ‘por favor, volte’. Eu não sei quem sou sem você.

    Eu tento pensar que você está pronto para uma nova e maravilhosa aventura agora. Que você pode andar de novo e está tendo o tempo de sua vida mergulhando em nuvens de chantilly e comendo colheradas sem fim de pasta de amendoim. Eu espero que você esteja se divertindo muito e, por favor, não se preocupe comigo e com seu pai.

    Sim, estamos nos esforçando para seguir em frente porque nós amamos muito você. Weldon e Niko, que nos permitiram o tempo extra para cuidar de você nos últimos meses de sua vida, estão agora se aproximando para nos confortar.

    Por favor, cuide-se, menino, e obrigado por cada segundo em que você nos abençoou.

    Amor, Mãe”

  • Back to top