Casal reencontra seu gato 11 anos depois e a 130 km de casa - Pet é pop

Casal reencontra seu gato 11 anos depois e a 130 km de casa

Casal reencontra seu gato 11 anos depois e a 130 km de casa
Casal reencontra seu gato 11 anos depois e a 130 km de casa
Casal reencontra seu gato 11 anos depois e a 130 km de casa (Foto: Erik Jan Leusink/Unsplash)

Um casal escocês se reencontrou com seu amado gato mais de 10 anos depois que ele desapareceu de sua casa. O felino foi encontrado a 130 km de casa.

Veja também:

+ Casal viaja quase 10 mil km para fazer a cirurgia que salvou a vida do seu cão
+ 11 dicas de especialistas para manter os dentes do seu cão tinindo
+ Vídeo: gata persa vira celebridade nas redes sociais graças ao miado hilário

Depois de receber uma chamada da organização de proteção de gatos britânica Cats Protection, Fiona Mutter, de 45 anos, pensou que seu gato malhado Fergus havia sido encontrado morto.

Mas ela ficou chocada ao descobrir que o felino foi encontrado são e salvo em Aberdeen, quase 130 km de distância de sua casa na cidade de Forres, na Escócia.

Fergus, agora com 14 anos, foi microchipado, o que significa que os voluntários da Cats Protection conseguiram encontrar Fiona por meio dos dados do microchip, relatou o site Aberdeen Live.

“Ainda estamos completamente chocados. Fergus desapareceu há 11 anos e nunca pensamos que ele seria encontrado”, disse Fiona ao veículo de notícias local. “Ele já se acomodou junto com nosso outro gato, Ozzy, que pegamos depois que Fergus desapareceu.”

Desde setembro, Fergus estava sendo alimentado pelos funcionários do centro de reciclagem de Aberdeen, onde ele também dormia. Um voluntário da Cats Protection este mês viu uma postagem no Facebook de um membro preocupado do público em outubro perguntando se Fergus pertencia a alguém.

O voluntário conseguiu rastrear o gatinho e Fergus foi entregue à sua família no último sábado. Fiona diz que o retorno milagroso de Fergus prova a importância do microchip para os animais de estimação.

“Meus filhos eram pequenos na época em que Fergus desapareceu, então agora que ele voltou, eles estão encantados”, disse ela. “Eu realmente gostaria que Fergus pudesse falar e nos dizer onde ele esteve e o que ele tem feito todo esse tempo.”

“Nunca em um milhão de anos imaginei que nos reencontraríamos com ele. Isso só mostra o quão importante é o microchip”, acrescentou Fiona.



  • Back to top