Cão protege a vizinhança contra intruso, leva tiro na cabeça e sobrevive - Pet é pop

Cão protege a vizinhança contra intruso, leva tiro na cabeça e sobrevive

Cão protege a vizinhança contra intruso, leva tiro na cabeça e sobrevive
Cão protege a vizinhança contra intruso, leva tiro na cabeça e sobrevive
Cão protege a vizinhança contra intruso, leva tiro na cabeça e sobrevive (Foto: Grant Durr/Unsplash)

Gus é um cachorro muito corajoso que protegeu sua vizinhança de um intruso, acabou levando um tiro na cabeça, mas, surpreendentemente, sobreviveu.

Veja também:

+ Homem convive com 70 gatos, e vizinhança fica apavorada com isso; entenda
+ Depois de deixar cão morrer de fome, dona mantém corpo no freezer
+ Caso raríssimo: gato nasce com polegares nas patinhas

O caso aconteceu em plena luz do dia. A dona de Gus, Jess Dixon, estava trabalhando em seu computador, enquanto seu marido estava trabalhando fora. A filha do casal, Sydney, e seus irmãos estavam na escola.

“Um intruso que estava passando pela vizinhança começou a se dirigir para cá e Gus o viu, saiu correndo e disse ‘hoje não’. Quando ele se aproximou do cara, ele atirou na cabeça dele. Você vê a cicatriz dele aqui e ela entrou ali. Passou pelo canal auditivo e saiu pelo pescoço”, contou Jess.

Jess diz que ouviu o tiro. “Não sabia o que era. Eram 10:45 da manhã, um lindo dia de sol como o de hoje”, relembrou a dona. Os Dixons encontraram a bala em seu quintal e a entregaram à polícia como prova.

Naquela manhã, com a polícia a caminho, Jess disse: “Todo mundo começou a verificar suas câmeras de segurança e percebeu que era uma pessoa que estava por toda a vizinhança.” O vídeo de segurança deu à polícia a descrição de que precisava.

“Depois que a polícia recebeu a ligação de que um tiro havia sido disparado, foi quando perceberam que havia um criminoso armado à solta. Foi então que tudo travou e todos começaram a procurá-lo”, contou Jess. A polícia prendeu o homem e Gus estava no veterinário pronto para a cirurgia.

“Eles saíram correndo com uma maca e ele saltou do carro e foi até o veterinário rindo”, continuou ela. “Não sei qual foi o motivo dele, mas sei que esse cara (gesticulando para Gus) o assustou o suficiente para fazê-lo querer sacar a arma porque se sentiu ameaçado.”

Ela disse que não quer pensar sobre o que poderia ter acontecido se Gus não estivesse lá. “Estou tão grata que Deus me protegeu e o protegeu e ele viveu para contar a história.”



  • Back to top