Cão abandonado que só “entendia” alemão tem aulas de inglês para ser adotado - Pet é pop

Cão abandonado que só “entendia” alemão tem aulas de inglês para ser adotado

Cão abandonado que só “entendia” alemão tem aulas de inglês para ser adotado
Cão abandonado que só “entendia” alemão tem aulas de inglês para ser adotado
Cão abandonado que só “entendia” alemão tem aulas de inglês para ser adotado (Foto: Matt Odell/Unsplash)

Ele é um Buldogue americano que vive no Reino Unido, mas o cão abandonado, Hector, só entendia os comandos em alemão.

Veja também:

Segunda chance: 10 fotos com o antes e depois de cães abandonados
Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg
Vídeo: labrador abandonado abana o rabo enquanto carro de luxo vai embora

Agora, na tentativa de encontrar um novo lar para ele, o cão, que foi encontrado amarrado aos portões de um centro de animais da RSPCA com queimaduras de cigarro no corpo, aprendeu inglês.

Quando os funcionários do centro animal perceberam que o carro do homem que o deixou lá em 1º de agosto tinha placas estrangeiras, eles tentaram vários idiomas antes de perceber que ele respondia em alemão.

O cão “inteligente e amoroso” tem treinado na RSPCA de Leeds, Wakefield e no centro do distrito em West Yorkshire desde então e aprendeu rapidamente a responder ao inglês. A RSPCA espera encontrar uma nova casa ao “bebezão”, que pesa cerca de 40kg, apesar de ainda lutar para confiar em novas pessoas.

A gerente de cuidados animais do centro, Lucynda Hodgson, disse que Hector foi deixado com uma focinheira pesado e amarrado com uma corrente que era tão curta que ele mal conseguia se deitar. “Ele torceu a guia cada vez mais em volta do pescoço e não conseguia se mover”, disse ela.

“Ele não estava respondendo a nenhum comando em inglês, então, devido às placas estrangeiras no carro, decidimos tentar alguns idiomas diferentes e descobrimos que ele era muito bem treinado e sabia vários comandos – em alemão.”

“Começamos a apresentá-lo às palavras em inglês e usar sinais com as mãos ao lado de comandos verbais, então ele começou a aprender muito rapidamente”, acrescentou Lucynda. “Ele é um cachorro muito inteligente e muito amoroso.”

  • Back to top