Cães terapeutas aliviam a tensão de estudantes, comprova estudo - Pet é pop

Cães terapeutas aliviam a tensão de estudantes, comprova estudo

Cães terapeutas aliviam a tensão de estudantes, comprova estudo
Cães terapeutas aliviam a tensão de estudantes, comprova estudo
Cães terapeutas aliviam a tensão de estudantes, comprova estudo (Foto: Ryan Stone/Unsplash)

Um novo estudo comprovou o que já imaginávamos: os benefícios dos cães terapeutas para aliviar o estresse dos estudantes.

Veja também:

A pesquisa, conduzida pela Washington State University, descobriu que, fazer um carinho em um cachorro pode aliviar o estresse dos alunos por semanas. Os resultados do estudo, que levou três anos para ser concluído, foram publicados nesta quarta-feira (12) na AERA Open.

Para analisar a teoria, 309 alunos foram convidados a participar de um programa de prevenção do estresse de quatro semanas cheio de cães de terapia. Com base em uma pesquisa de triagem, cerca de um terço foi considerado com maior risco de estresse, devido ao desempenho acadêmico recente ou contínuo ou história relatada de sintomas mentais.

Os voluntários foram designados aleatoriamente a três intervenções, cada uma envolvendo quatro sessões semanais de quatro horas com foco em temas relacionados à prevenção ou gerenciamento do estresse, como a importância de ter uma boa noite de sono ou como lidar com a ansiedade do teste.

Um grupo interagia com os cães enquanto fazia coisas como aconselhamento de pares ou aprendia sobre técnicas de alívio do estresse, como meditação. No segundo grupo, todos os alunos participaram de oficinas sobre esses temas, sem interação canina. E o último grupo dividiu seu tempo entre ver os cães e fazer uma versão resumida das oficinas. Antes e depois do início do programa, os alunos também fizeram um teste para medir seu funcionamento executivo, ou a capacidade de pensar no futuro e planejar metas.

A pesquisa confirmou que para alunos típicos, não houve diferenças significativas entre os grupos antes e depois do programa. Mas os pesquisadores também analisaram especificamente os alunos com maior probabilidade de ficarem estressados ​​e descobriram que os alunos ​​que apenas passaram pelo programa de terapia com animais de estimação melhoraram suas habilidades de funcionamento, em comparação com os outros dois grupos de alunos estressados. Além do mais, essas melhorias ainda existiam seis semanas após o término do programa.

“Os alunos que já estão suscetíveis ao estresse acadêmico, são os alunos que têm maior probabilidade de assistir a uma aula, independente do assunto, e de sentir aquela ansiedade. Portanto, esses programas podem ser uma reminiscência das aulas que eles fazem todos os dias”, disse a autora do estudo Patricia Pendry, professora associada da WSU do Departamento de Desenvolvimento Humano, ao site Gizmodo. “E acho que isso os impede de discutir e considerar como estão se sentindo ou como podem lidar da melhor maneira com isso”, acrescentou ela.

Apesar disso, Patricia salienta que os resultados do estudo não devem ser exagerados. Embora os cães terapeutas são animais altamente treinados, os serviços que eles normalmente prestam nos campi das faculdades (como passar um breve tempo com os alunos) não devem ser considerados terapia.

Mesmo que ficar com animais de estimação por meros 10 minutos possam fornecer algum benefício para o aluno médio, ela  gostaria que esses programas fossem estruturados para alcançar as pessoas que eles têm maior probabilidade de ajudar.

  • Back to top