Cães podem detectar Covid-19 com mais precisão que o teste do nariz, aponta estudo - Pet é pop

Cães podem detectar Covid-19 com mais precisão que o teste do nariz, aponta estudo

Cães podem detectar Covid-19 com mais precisão que o teste do nariz, aponta estudo



Cães podem detectar Covid-19 com mais precisão que o teste do nariz, aponta estudo
Cães podem detectar Covid-19 com mais precisão que o teste do nariz, aponta estudo (Foto: Luzelle Cockburn/Unsplash)

Os cães podem detectar Covid-19 em humanos de forma mais rápida e precisa do que os testes de nariz, de acordo com um novo estudo.

Veja também:

Segundo cão testa positivo para Covid-19 nos EUA
Primeiro cão a testar positivo para Covid-19 morre nos EUA
Aeroporto de Helsinque usa cães para detectar passageiros com Covid-19

Um cientista finlandês, que está testando os filhotes que detectam doenças no Aeroporto de Helsinque, disse que seus cães identificaram várias pessoas que tinham o Covid-19, mas tiveram resultado negativo após fazer testes nasais, relatou o Times. Dias depois de os cães Miina, Kössi e Valo diagnosticarem os viajantes, os passageiros supostamente negativos começaram a apresentar sintomas.

A Dra. Anna Hielm-Björkman disse que isso sugere que os cães podem ser capazes de farejar o vírus nos estágios iniciais da infecção. “Na verdade, eles estão encontrando negativos de PCR que serão positivos em uma semana”, disse a cientista, que ainda não publicou suas descobertas.

Pesquisadores na Finlândia não são os únicos que perceberam a habilidade mais recente do melhor amigo do homem: da França ao Líbano e aos Emirados Árabes Unidos, os cientistas estão relatando a mesma experiência, disse Anna.

As glândulas olfativas no nariz de um cachorro são muito elogiadas por sua extraordinária capacidade de farejar tudo, desde drogas a bombas, que humanos e máquinas não podem detectar atualmente.

Então, quando a Organização Mundial da Saúde implorou aos funcionários da saúde em todo o mundo para “testar, testar, testar” para ajudar a manter a pandemia sob controle, os pesquisadores rapidamente se perguntaram se os cães poderiam desempenhar esse papel.

“A maioria das doenças tem odor. A forma como o seu corpo responde, a forma como o seu metabolismo muda, exala um cheiro distinto ”, disse James Logan, ao The Times. Antes da pandemia, Logan estava pesquisando o quão bem os cães podiam farejar a malária. “A ciência ainda não pode recriar instrumentos tão primorosamente sensíveis como os narizes caninos”, acrescentou.

A equipe de Logan agora está trabalhando com a instituição de caridade Medical Detection Dogs e ele espera que os filhotes sejam capazes de fazer o que os laboratórios estão lutando para fazer: exames rápidos em grande escala. “Você poderia fazer uma triagem rápida dos indivíduos enquanto eles se movem, talvez em um aeroporto. Os cães diriam imediatamente se essa pessoa deveria ser levada para um teste. ”

Veja também

+ Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg

+ Artista recria rostos de imperadores romanos

+App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+McDonald’s vende molho especial pela primeira vez no Brasil

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo


  • Back to top