Cães de aldeia indígena recebem cuidados de saúde no Paraná - Pet é pop

Cães de aldeia indígena recebem cuidados de saúde no Paraná

Cães de aldeia indígena no Paraná - Foto Prefeitura de Curitiba



Cães de aldeia indígena no Paraná - Foto Prefeitura de CuritibaCerca de 100 cães que estão sob os cuidados de moradores da aldeia Kakané-Porã, no bairro Caximba, em Curitiba, tiveram um dia para cuidar da saúde nesta terça-feira, dia 12. Equipes da Rede de Proteção Animal foram até o local com a unidade móvel de atendimento para avaliações clínicas gratuitas.

De acordo com o cacique Setembrino Rodrigues, é comum que cães sejam abandonados em frente à aldeia e acabem sendo adotados pelos moradores. “E nós não vamos nos desfazer deles. Por isso é tão importante esse apoio da Prefeitura nesses cuidados básicos”, disse.

A ação foi um pedido da Associação Esportiva da aldeia para a Regional Tatuquara. O trabalho é feito em todas as regionais da cidade conforme programação da Rede de Proteção. E faz parte do Termo de Cooperação firmado entre a Prefeitura e a residência em Medicina Veterinária da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Cães de aldeia indígena no Paraná - Foto Prefeitura de Curitiba

Durante os mutirões, são feitos exames clínicos básicos, vacinação, administração de vermífugos, antipulgas, sarnicidas e cadastramento para o Programa Municipal de Castração Gratuita da Prefeitura de Curitiba.

Dona de cinco cães abandonados

A auxiliar de serviços gerais Denise da Silva Santos cuida de cinco cães que encontrou abandonados na região e aproveitou para verificar como estava a saúde deles.

“Dois estão cadastrados para a castração gratuita e para outra eu já consegui medicação”, contou. “Enquanto uns abandonam, nós criamos amor por eles”, completou. Há cinco anos ela encontrou o primeiro animal abandonado.

Cães de aldeia indígena no Paraná - Foto Prefeitura de CuritibaNo início do mês, foram feitas avaliações clínicas para os animais da Vila 29 de Outubro, também no Caximba. Na ocasião, 108 cães e 26 gatos foram atendidos e vacinados pela equipe da Rede de Proteção Animal da Prefeitura.

“A castração para animais de moradores da Vila 29 de Outubro acontecerá ainda neste mês, quando o serviço retornará à Regional Tatuquara”, anunciou o diretor do Departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo.

Cães de aldeia indígena no Paraná - Foto Prefeitura de Curitiba

A ação foi feita em parceria com a Unidade de Vigilância de Zoonoses, da Secretaria Municipal da Saúde.

Veja também

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las
+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’
+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância
+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo

  • Back to top