Cães aprendem novas palavras com rapidez impressionante, mostra estudo - Pet é pop

Cães aprendem novas palavras com rapidez impressionante, mostra estudo

Cães aprendem novas palavras com rapidez impressionante, mostra estudo
Cães aprendem novas palavras com rapidez impressionante, mostra estudo
Cães aprendem novas palavras com rapidez impressionante, mostra estudo (Foto: Jamie Street/Unsplash)

Um novo estudo revelou que alguns cães têm uma capacidade extraordinária de compreender palavras novas depois de ouvi-las apenas algumas vezes.

Veja também:

A pesquisa, liderada pelo departamento de etologia da Universidade Eötvös Loránd em Budapeste, Hungria, acompanhou cães e descobriu que eles eram capazes de aprender palavras, e isso sem nenhum treinamento específico.

Dois caninos participaram deste estudo: Whisky, um Border Collie da Noruega, e Vicky Nina, um Yorkshire do Brasil. Os animais foram submetidos a um conhecido teste que consistia em localizar um novo brinquedo por meio da memorização do nome do objeto em questão.

As habilidades de memorização de Whisky e Vicky Nina foram testadas em vários contextos. O primeiro experimento consistiu em fazer com que os cães identificassem objetos brincando com sua família adotiva.

Os animais, então, deveriam reconhecer os brinquedos apenas com base no nome, pronunciado por seu dono. Nestes casos, os cães conseguiram memorizar os nomes dos brinquedos após ouvi-los apenas quatro vezes.

Vinte outros cães participaram de experimentos semelhantes, mas nenhum deles mostrou sinais de aprendizagem tão impressionantes quanto Whisky e Vicky Nina. Mas a capacidade de aprender palavras rapidamente sem treinamento específico é muito rara e está presente apenas em alguns cães “talentosos”, de acordo com a pesquisadora principal do estudo, Claudia Fugazza.

No entanto, estas capacidades excepcionais parecem ter um limite de tempo: após uma hora e 10 minutos, nem Whisky nem Vicky Nina conseguiram localizar os brinquedos correspondentes ao nome que ouviram.

Apesar dessa descoberta, os pesquisadores húngaros que conduziram o estudo permanecem intrigados com essas aptidões incomuns nesses cães e continuam a fazer suas investigações, notadamente por meio do “Genius Dog Challenge”, um projeto que está se destacando nas redes sociais.

Vicky Nina infelizmente faleceu entretanto e, portanto, não pode participar no projeto. Whisky, por outro lado, está no jogo, ao lado de outros cinco cães recrutados em todo o mundo ao longo de dois anos.

Confira o estudo completo aqui.

  • Back to top