Cadela viaja quase 3.000 km para reencontrar refugiada ucraniana na Irlanda - Pet é pop

Cadela viaja quase 3.000 km para reencontrar refugiada ucraniana na Irlanda

Cadela viaja quase 3.000 km para reencontrar refugiada ucraniana na Irlanda
Cadela viaja quase 3.000 km para reencontrar refugiada ucraniana na Irlanda
Cadela viaja quase 3.000 km para reencontrar refugiada ucraniana na Irlanda (Foto: Reprodução/Twitter)

Uma refugiada ucraniana de 86 anos que foi forçada a deixar sua amada cachorrinha para trás finalmente se reencontrou com sua melhor amiga.

Veja também:

+ Cãozinho de rua se recusa a abandonar cadela grávida e ferida após atropelamento
+ Entenda por que os olhos dos gatos brilham tanto no escuro
+ Dona ensina linguagem de sinais para cachorrinha que ficou surda

Violetta fugiu de Odessa com sua família quando a Rússia invadiu a Ucrânia e tentou trazer sua labradora com ela. Mas ela foi forçada a deixá-la para trás com uma família na Romênia, pois estava “ficando mais fraca” e não podia mais carregar seu animal de estimação.

Violetta temia nunca mais ver Tasha, pois sua família viajou e chegou à Irlanda no início de março. Mas as duas foram finalmente reunidas no último domingo (10) durante uma reunião emocionante.

A mulher parecia sobrecarregada de emoção quando Tasha saltou da caixa para lamber o rosto de sua dona. “Por favor, me perdoe, não tive escolha a não ser deixar você”, disse a dona no vídeo.

Debbie Deegan, trabalhadora de caridade, que ajudou a levar a família para a Irlanda, ouviu a história de Violetta e assumiu a missão de reunir a dupla novamente. Com a ajuda da neta de Violetta, eles conseguiram encontrar a família romena que estava cuidando de Tasha.

A viagem de Tasha até a Grã-Bretanha foi longa, mas valeu a pena. “Tem sido uma jornada muito longa para ela – ela está na estrada há duas semanas – mas que final feliz maravilhoso ver Tasha reunida com Violetta hoje”, disse Debbie ao veículo de notícias local RTE.



  • Back to top