Cachorrinha pula em lago para brincar com capivara e é comida por jacaré - Pet é pop

Cachorrinha pula em lago para brincar com capivara e é comida por jacaré

Cachorrinha pula em lago para brincar com capivara e é comida por jacaré
Cachorrinha pula em lago para brincar com capivara e é comida por jacaré
Cachorrinha pula em lago para brincar com capivara e é comida por jacaré (Foto: Reprodução)

A cachorrinha Pisquila se tornou lenda após ser comida por um jacaré aos três anos de vida no Lago do Amor, em Campo Grande (MS).

Veja também:

+ Para salvar sua cachorrinha, mulher de 74 anos luta com jacaré na água
+ Vídeo: cão reza com a família todas as noites antes do jantar
+ Após furto, ladrões matam cão ao atirá-lo de veículo em movimento a 96 km/h

Ela estava passeando pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul com seus donos, o casal de veterinários Daniele Bier e Fernando de Almeida Borges, na tarde de 23 de janeiro de 2016, quando decidiu ir brincar com uma capivara.

“Ela era muito atentada e corria atrás da capivara. Neste dia fatídico, as capivaras entraram num buraco que havia na cerca e ela foi atrás. Neste momento, eu também corri atrás dela e, de repente, só escutei o barulho dela entrando na água”, contou Daniele ao Lado B.

A cachorrinha nadou por alguns segundos na tentativa de alcançar a capivara e quando percebeu que ela não estava para brincadeira, decidiu retornar para a beira do lago. “Ela estava vindo, quando deu um grito e afundou”, relembrou a dona.

Ela foi pega pelo jacaré e, para tentar salvá-la, Fernando pulou no lago atrás dela, mas não conseguiu alcançá-la. Naquela semana, eles voltaram para o lago diversas vezes na esperança de encontrá-la viva.

O acontecimento deixou um vazio no coração dos donos e de Pulguinha, irmã mais nova de Pisquila, que ficou entristecida durante uma semana, sem querer brincar com a ausência de sua parceira.

Pisquila chegou à vida deles em 2013, quando o casal se mudou para uma casa nova. “Naquela época, não tínhamos filhos, o que faltava para a vida do casal era uma cachorrinha e assim adotamos a Pisquila, depois veio a Pulguinha”, relembrou Daniela.

  • Back to top