Assustado com barulho de fogos, cão sai em disparada e morre atropelado por trem - Pet é pop

Assustado com barulho de fogos, cão sai em disparada e morre atropelado por trem

Assustado com barulho de fogos, cão sai em disparada e morre atropelado por trem
Assustado com barulho de fogos, cão sai em disparada e morre atropelado por trem
Assustado com barulho de fogos, cão sai em disparada e morre atropelado por trem (Foto: Arieann Borstal/Unsplash)

Uma família ficou com o coração partido depois que seu cachorro foi atropelado e morto por um trem após ser assustado por fogos de artifício.

Veja também:

+ 5 dicas para acalmar seu pet durante as queimas de fogos no réveillon
+ Gatos conseguem saber onde os donos estão mesmo sem vê-los, diz estudo
+ Faça esse teste em casa e descubra o quanto seu cão é inteligente

Arieann e seu marido, Lee, deixaram Trev, de nove anos, seguro em casa enquanto foram buscar um parente na noite de sexta-feira, 5 de novembro. Mas, no curto período de tempo em que eles se foram, uma série de explosões assustou tanto o sensível cão de resgate que ele quebrou uma janela do andar de baixo e fugiu.

O casal passou dias procurando por ele, antes de receber a triste notícia de que seu corpo sem vida foi visto em trilhos de trem próximos. “Só saímos de casa cerca de 45 minutos. Tudo estava quieto quando saímos e Trev estava completamente calmo”, disse Arieann.

“Mas deve ter começado a ficar muito barulhento não muito tempo depois, porque voltamos e encontramos pegadas nas paredes e a janela quebrada. Ele deve ter ficado tão assustado.”

Ela acrescentou que eles só descobriram o que tinha acontecido com Trev no domingo à noite. “Um maquinista postou em nossa página da comunidade local no Facebook que avistou o corpo de um cachorro nos trilhos, não muito longe de onde moramos”, disse ela.

“Então, fui até a estação local e tive que pedir a um dos membros da equipe para recuperar Trev para mim porque eu não tinha permissão para entrar nos trilhos. Meu pai teve que identificá-lo e então o levamos para casa.”

Resgatado de um abrigo local quando tinha apenas um ano de idade, Trev teve um começo de vida difícil. “Ele ficou petrificado com todos inicialmente. Deus sabe o que ele passou quando era um filhote”, disse Arieann. “Mas ele se tornou um menino tão amoroso e sentimental, um grande bebê na verdade.”

Mãe de dois filhos, Arieann lamenta o impacto que a morte do cachorrinho teve nas crianças. “Ele era o nosso mundo e as crianças estão com o coração partido, especialmente Charlie, que tem sete anos. Ele nunca conheceu a vida sem Trev nela.”

Arieann acrescentou que nunca se esquecerá da gentileza demonstrada a ela e sua família por seus vizinhos enquanto procuravam por Trev. “Tantas pessoas apareceram para nos ajudar na busca. Eles nos deram muito apoio e demonstraram muita gentileza. Nunca vamos esquecer isso.”

Ela disse que se culpava por deixar Trev sozinho em primeiro lugar e esperava que mais fosse feito para impedir que os animais se prejudicassem com fogos de artifício. “Você pode comprar fogos de artifício silenciosos, então por que eles não podem ser silenciosos? Quantas mais pessoas terão que assistir seus animais de estimação sofrerem ou perdê-los completamente? Não há necessidade disso.”



  • Back to top