Artista imagina o mundo com gatos gigantes, e o resultado é hilário - Pet é pop

  • Artista imagina o mundo com gatos gigantes, e o resultado é hilário

    -->



    Donos de garras enormes, caras de enfezados e com o tamanho de dinossauros. É assim que os gatos aparecem nas montagens criadas pelo artista russo Andrey Scherbak.

    Fotos Andrey Scherbak

    O que começou como hobby virou atividade regular. Hoje o artista mantém uma página no Instagram com quase 150 dessas imagens e um público cativo de mais de 9.000 seguidores.

    Scherbak aparece em várias das imagens, acompanhando seus felinos com pelo menos 3 metros de altura. Eles visitam supermercados, marinas, praias e ruas de Rostov-on-Don, cidade onde mora.

    Diretor de criação de uma agência de publicidade com sede em Moscou, Scherbak disse ao site Bored Panda que trabalha de casa.

    O artista mantém um casal de gatos. O macho se chama Pif. A gata é Panya, que foi recolhida na rua e sofre de autismo.

    Na casa de Scherbak vive também um cão labrador, Rooney, que hoje tem três anos de idade e pode ser visto em algumas das imagens.

    Segundo o artista, cão e gatos vivem em harmonia e nunca entram em conflito.

    Scherbak diz que a ideia de fazer as montagens surgiu por acaso. Em um álbum de fotografias, viu um gato que parecia maior do que era por efeito da perspectiva e resolveu radicalizar.

    As imagens dos gatos que usa nas fotos são coletadas por meio de pesquisas no Google.

    Para tornar as montagens o mais realistas possível, o artista diz que gasta em média quatro horas diante do computador.

    Ele usa o Photoshop e o aplicativo VSCO para criar as composições.

    Quando não está criando para agência que trabalha ou compondo seus gatos gigantescos, Scherbak adora passear com Rooney e colocar a leitura em dia.

    Definindo-se como alguém que gosta de um estilo de vida isolado, o artista diz ter ficado surpreso com a popularidade e a viralização das suas imagens.

    Apesar disso, o sucesso não lhe subiu à cabeça. Prefere continuar vivendo o seu isolamento controlado e criando seus gatossauros.

  • Back to top