Aquário: tudo o que você precisa saber para criar um blenny molly miller - Pet é pop

Aquário: tudo o que você precisa saber para criar um blenny molly miller



Os aquaristas de água salgada podem ficar especialmente indecisos, pois há uma variedade aparentemente ilimitada de cores e padrões arrojados entre os peixes de recife.

Mas, há mais para que os pigmentos para tornar um peixe “ornamental”? Pode um peixe monótono ter muito valor para um aquarista? A resposta às duas perguntas é sim, o blenny molly miller (Scartella cristata), também chamado de blênio-macaco-verde no Brasil.

Campeão de adaptação

Esse peixe é muito cosmopolita na distribuição. Evoluído para suportar os rigores da vida na zona entre as marés, é encontrado em muitos mares tropicais, subtropicais e temperados.

As espécies podem ser encontradas no noroeste do oceano Pacífico (Japão a Taiwan), no oceano Atlântico Oriental (da Mauritânia e Ilhas Canárias à África do Sul), no Atlântico Ocidental (da Flórida até o Brasil) e do Mediterrâneo (da Espanha até a Grécia). Sua crescente presença no sul da Europa tem sido atribuída aos efeitos das mudanças climáticas globais.

Os mollies preferem águas muito rasas, onde grandes predadores são escassos e há abundância de algas. Embora ocupem pequenas poças com até cerca de 10 metros de profundidade, as densidades populacionais são maiores entre 2 e 4 metros.

 

Recomendado para novatos

Inteligente, resistente, rápido e engenhoso, o molly não é um indivíduo que se intimida facilmente com seus companheiros de aquário.

Os espécimes criados em cativeiro resistem a quase tudo. Por isso, eles são altamente recomendados como um dos primeiros peixes (se não o primeiro) sob os cuidados de um aquarista novato.

Eles são resistentes o suficiente para tolerar um pouco de instabilidade durante o processo de maturação, quando o sistema se torna totalmente estabelecido, química e biologicamente.

Natura Mediterrâneo
Pequeno no tamanho, grande na personalidade  

Sob esse exterior duro, há um animal excepcionalmente ativo e interessante. Existem certos peixes marinhos que tendem a se tornar animais de estimação preferidos aos olhos de seus tratadores. O molly é um deles.

Com uma personalidade considerável, esse peixinho pode oferecer um espetáculo. Fazendo tudo o que podem para roubar um pouco de comida de um caranguejo ou brigando uns com os outros sobre o melhor local em uma rocha, os mollies são conhecidos por ficar parados por muito tempo.

Seu tamanho também é uma grande vantagem para alguns (especialmente aqueles que vivem em aquários pequenos).

 

O faxineiro definitivo  

Indiscutivelmente, o mais notável de seus traços aos olhos dos aquaristas de recife é o hábito de comer pragas e resíduos orgânicos sólidos.

O molly tem um potencial incrível como membro da equipe de limpeza do aquário. É, de fato, a primeira espécie de peixe a ser criada em cativeiro para funcionar especialmente como faxineiro.

Esse peixe vai felizmente absorver algas e outros alimentos pouco agradáveis para outras espécies. Alguns aquaristas até relataram que o bicho consome bactérias! Além disso, se estiver com fome suficiente (e eles estão sempre com fome), também comem detritos.

Esse hábito de comer o que encontrar pela frente é especialmente útil no combate à temida aiptasia. Permanece o debate sobre até que ponto a praga pode e deve ser controlada pelos peixes.

Além de consumir indivíduos menores, esses peixes também podem prejudicar indivíduos maiores, perturbando-os e competindo com eles, reduzindo os estoques de alimentos no aquário.

Considerando a ameaça que a aiptasia faz contra os corais, é possível que, ao prevenir um único surto, alguns mollies consigam poupar um bom montante ao aquarista de recife.

À medida que o peixe limpa os seus arredores, certifique-se de que não passa fome, suplementando a sua dieta com alimentos de qualidade à base de algas.

 

Multifuncional  

O blenny molly miller pode ser mais bem descrito como um peixe utilitário de uso geral. Capaz de resistir ao ambiente às vezes inóspito do aquário, ele pode ser usado ​​junto com outras espécies super-resistentes para condicionar novos sistemas.

Como diferentes tipos de pragas de algas despertam o seu apetite, o molly estará lá para erradicá-las. Eles também podem comer detritos na medida em que se acumulam no fundo do tanque.

É fácil amar um molly. Quer seja por sua incrível utilidade ou pleas charmosas e divertidas palhaçadas. Numa hora dessas, quem liga para o número de cores do peixe?

Com informações do Pet MD

Veja também

+ Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg

+ Artista recria rostos de imperadores romanos

+App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+McDonald’s vende molho especial pela primeira vez no Brasil

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo


  • Back to top