Após a morte de 330 gatos, fabricante de ração faz atualização de segurança - Pet é pop

Após a morte de 330 gatos, fabricante de ração faz atualização de segurança

Após a morte de 330 gatos, fabricante de ração faz atualização de segurança
Após a morte de 330 gatos, fabricante de ração faz atualização de segurança
Após a morte de 330 gatos, fabricante de ração faz atualização de segurança (Foto: Anna Kumpan/Unsplash)

Após a morte de 330 gatos e o recall de diversas marcas de rações, a Food and Drug Administration (FDA) forneceu uma atualização sobre a investigação das fatalidades.

Veja também:

+ Ração é suspeita de provocar a morte de mais de 130 cães e adoecer outros 220
+ Casal convive com 19 cães e não planeja parar por aí
+ Autoridades investigam ração que pode ter provocado a morte de 300 gatos

No início deste ano, várias marcas de rações para gatos sofreram um recall dos mercados e pet shops após uma possível ligação dos alimentos com o aumento dos casos de pancitopenia, uma doença fatal para gatos que causa uma diminuição rápida da quantidade de células sanguíneas.

Isso aconteceu depois que o Royal Veterinary College (RVC) registrou mais de 500 ocorrências e pelo menos 300 mortes de felinos. Meses depois, a Food and Drug Administration (FDA) forneceu uma atualização sobre a investigação em andamento sobre a comida de gato recolhida.

“Testes extensivos revelaram maiores quantidades de micotoxinas em algumas amostras da comida de gato recolhida”, afirmou a empresa. “Isso inclui produtos químicos T2 e HT2, entre outros. Esses itens não estão mais disponíveis para compra.”

No entanto, salientaram que a investigação não conseguiu confirmar que as rações estão diretamente ligadas ao aumento da doença. “A presença de micotoxinas em vários tipos de rações e alimentos não implica necessariamente que sejam a causa da pancitopenia felina. Nenhuma ligação causal foi estabelecida entre a pancitopenia e os produtos alimentícios para gatos em recall”, disseram.

Apesar da falta de uma ligação com a doença, a Food Standards Agency (FSA) do Reino Unido está aconselhando os donos de gatos a não alimentar seus animais de estimação com a ração recolhida.

“Continuamos a trabalhar com a Agência de Saúde Animal e Vegetal e com o Departamento de Meio Ambiente, Alimentos e Assuntos Rurais para estabelecer a causa potencial da pancitopenia”, disse a FSA. “Não estamos descartando nenhuma causa plausível neste momento.”

“Após testes completos e análises de especialistas independentes, a Food Standards Agency não descobriu uma ligação causal entre a pancitopenia e os produtos de comida para gatos recolhidos por precaução pela Fold Hill Foods“, afirmou um porta-voz da fabricante de rações Fold Hill Foods.

“Entendemos que a investigação continuará com uma abordagem de várias agências para examinar outras causas potenciais dos casos de pancitopenia, incluindo fatores não relacionados à alimentação”, concluíram.

  • Back to top