Ao ver seu cãozinho ser atacado por um pitbull, dona dá mordidas no agressor - Pet é pop

Ao ver seu cãozinho ser atacado por um pitbull, dona dá mordidas no agressor

Ao ver seu cãozinho ser atacado por um pitbull, dona dá mordidas no agressor
Ao ver seu cãozinho ser atacado por um pitbull, dona dá mordidas no agressor
Ao ver seu cãozinho ser atacado por um pitbull, dona dá mordidas no agressor (Foto: Pegah Mostafavi Zade/Unsplash)

Uma mulher de Ohio, nos Estados Unidos, disse que sentiu que não tinha escolha a não ser tomar medidas extraordinárias para salvar seu cachorro da morte certa após o pequeno Lulu da Pomerânia ser atacado por um Pitbull.

Veja também:

+ Vídeo fofo: cão pitbull e gato são amigos inseparáveis: ‘Eles se amam’, diz dona
+ Conheça Sodapop, a gata aventureira que adora nadar, surfar e acampar
+ Mistério: Cão altamente treinado ataca e mata a própria dona

A situação incomum aconteceu na manhã da última segunda-feira (28/03), quando Jennifer Love, de 52 anos, deixou seus dois cachorros no quintal de casa antes de ir trabalhar.

Poucos minutos depois, ela ficou apavorada ao descobrir que seu Lulu da Pomerânia de 12 anos, chamado Kevin, estava sendo atacado por um pitbull que se soltou de uma corda que ela estava amarrada a alguns quarteirões de distância.

“Eu estava pensando: ‘Não, eu não vou deixar isso acontecer. Você não pode matar meu cachorro, não na minha frente. Eu não vou deixar isso acontecer'”, disse ela.  A dona disse que tentou soltar o pitbull e usar seu corpo para proteger seu cachorro do ataque, mas não adiantou. “Ela continuou voltando e voltando e voltando, implacavelmente”, relatou.

Depois de vários minutos tentando salvar seu cachorro, ela diz que estava exausta e então pensou no que aprendeu em uma aula de autodefesa. “A orelha estava perto e eu a mordi na orelha o mais forte que pude”, contou ela. “Era viver ou morrer naquele momento. Eu estava perdendo, estava perdendo e o cachorro estava morrendo.”

Ela disse que alguns de seus dentes foram arrancados quando ela mordeu a orelha do cachorro, mas isso criou uma distração suficiente que permitiu que um vizinho puxasse o pitbull de seu cachorro. “Acabei de pegar meu cachorro e corri para o carro e meu outro vizinho estava do lado de fora. Ela me ouviu gritar e me ajudou a levar o cachorro ao veterinário”, disse ela.

O Gabinete do Xerife do Condado de Trumbull disse que o dono do pitbull, William Dempsey, de 42 anos, está sendo responsabilizado pelo ataque. Ele agora está enfrentando uma acusação de retenção indevida do cão.

O pitbull foi apreendido por agentes de controle de animais e agora está sendo mantido para observação de raiva. Jennifer e seu cachorro agora estão se recuperando de seus ferimentos em casa. “Estou feliz por ele estar vivo, sabe? Ele é um bom cachorro”, completou.



  • Back to top