Aniversário: 7 razões por que Paul McCartney é o beatle predileto dos animais - Pet é pop

Aniversário: 7 razões por que Paul McCartney é o beatle predileto dos animais



Nesta terça-feira, dia 18, o beatle mais carismático completa 77 anos. Cantor, compositor e instrumentista, Paul McCartney é uma das celebridades mundiais mais engajadas na causa do bem-estar animal.

Participou de várias campanhas no mundo todo, aboliu os produtos de origem animal do seu prato e guarda-roupa e, a partir de 1968, passou a sempre ter animais em casa.


Naquele ano adotou a cadela Martha, seu primeiro pet. Na década seguinte, vivendo em uma fazenda na Escócia, ele cuidava de ovelhas, patos, gansos, galinhas, cães e gatos. Conheça sete razões que fazem Paul ser querido pelos animais e pelos ativistas da causa, para quem ele é Paw (pata em inglês) McCartney.

 

1 – Corte na carne
Fotos @PaulMcCartney

Numa manhã em meados dos anos 1970, Paul e sua mulher na época, Linda, tomavam o café da manhã em sua fazenda na Escócia. E, como todo bom inglês, provavelmente estava saboreando bacon e salsichas. Aí olharam pela janela e viram suas ovelhas pastando. Foi uma epifania. Ambos viraram vegetarianos naquele dia.

 

2 – O que os olhos não veem…

Em um documentário que narrou para a ONG Peta, dedicada ao bem-estar animal, o músico é autor da frase: “Se os abatedouros tivessem paredes de vidro, todos seriam vegetarianos”.

 

3 – Tá na Bíblia

“São Francisco de Assis é o meu santo favorito. Ele me guiou para que me dedicasse ao bem-estar animal e me tornasse amante de bichos e da natureza. A imagem dele na Bíblia, sentado em sua cadeira cercado de pássaros e coelhos, foi mágica para mim”, disse McCartney em entrevista para a revista “GQ” em setembro de 2018

 

4 – De McCartney para McDonald’s

O músico proíbe o comércio de produtos de origem animal em todos os seus shows. Em qualquer lugar do mundo.

 

5 – Segunda sem bife

Junto com suas filhas Mary e Stella, em 2009 ele lançou a campanha Meat Free Monday, que encoraja as pessoas a evitar o consumo de carne pelo menos uma vez por semana. Dez anos depois, a campanha continua a pleno vapor.

 

6 – SOS Elefante

Em 2012, McCartney formou uma conexão especial com um elefante chamado Sunder que ele encontrou em uma viagem à Índia. O paquiderme foi dado como presente a um templo indiano em Kolhapur e foi acorrentado e repetidamente abusado. Quando soube dos maus tratos, Paul juntou-se à atriz Pamela Anderson e ao Peta para ajudar a libertar o elefante. Anos depois, Sunder foi enviado a um santuário.

 

7 – Lennon e McCartney

Com os Beatles, compôs pelo menos dez músicas inspiradas em animais, no título ou nas letras: “Martha My Dear”, “Blackbird”, “Rocky Raccoon”, “Octopus’s Garden”, “Dig a Pony”, “Everybody’s Got Something to Hide Except Me and My Monkey”, “Hey Bulldog”, “Piggies”, “I Am the Walrus”, “And Your Bird Can Sing”.

Veja também

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las
+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’
+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância
+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo

  • Back to top