Alimentação: conheça os cuidados necessários em casas que abrigam cães e gatos - Pet é pop

Alimentação: conheça os cuidados necessários em casas que abrigam cães e gatos

Alimentação: conheça os cuidados necessários em casas que abrigam cães e gatos
Alimentação: conheça os cuidados necessários em casas que abrigam cães e gatos
Alimentação: conheça os cuidados necessários em casas que abrigam cães e gatos (Foto: Mathew Coulton/Unsplash)

A alimentação em casas que têm vários animais pode ser complicada. As diferenças alimentares entre os cães e gatos podem levar os donos a se preocuparem com o rigor com que devem restringir os cães que roubam alimentos destinados a gatos.

Veja também:

+ Com alimentação e peso controlados, cães vivem até dois anos a mais, diz estudo
+ Vídeo hilário: cãozinho vê animação na TV e tenta ajudar matilha a caçar esquilo
+ Como faço para o meu gato me deixar em paz à noite? Especialista responde

Os cães podem comer comida de gato ocasionalmente? Qual a melhor forma de prevenir isso? Veja o que especialistas têm a dizer:

Cães podem comer comida de gato?

De acordo com o Dr. Jerry Klein, diretor veterinário do American Kennel Club (AKC), cães e gatos têm necessidades alimentares diferentes. “Os gatos precisam de carne em sua dieta, enquanto os cães precisam de carne e vegetais para atender às suas necessidades nutricionais”, disse ele à Newsweek.

“Seu cão provavelmente não será prejudicado comendo comida de gato de vez em quando, mas há uma razão pela qual a comida para cães e gatos é formulada de forma diferente”, acrescentou o especialista. “Se você compartilha sua casa com cães e gatos, é melhor desencorajar um deles a comer a comida do outro.”

Gatos podem comer comida de cachorro?

Cães e gatos são frequentemente caracterizados como não se dando bem, mas um perigo mais significativo pode estar relacionado à incompatibilidade de seus alimentos, sugere a presidente da Associação Internacional de Gatos (TICA), Vicki Jo Harrison.

“As pessoas que vivem com cães e gatos costumam perguntar se há algum dano em cães e gatos compartilharem a mesma comida”, disse ela à Newsweek.

“Embora uma pequena quantidade de comida de cachorro roubada não prejudique seu gato, alimentar continuamente a comida do outro pode ser perigoso para sua saúde e não é recomendado a longo prazo”, explicou a especialista.

“Embora os ingredientes dos alimentos para cães e gatos sejam notavelmente semelhantes, eles não são iguais”, acrescentou. “As fórmulas de alimentos para cães e gatos têm diferentes componentes nutricionais para atender às diferentes necessidades alimentares dessas duas espécies. A dieta alimentar de um cão não atende às necessidades nutricionais específicas que os gatos exigem.”

Ela observou como exemplo, como os gatos são carnívoros obrigatórios, o que significa que eles precisam de uma dieta de proteínas à base de carne e gorduras animais para permanecerem saudáveis ​​e para que todos os seus sistemas corporais funcionem adequadamente.

Ainda segundo ela, os cães devem ser alimentados com alimentos diferentes porque os animais são onívoros. “A dieta deles é mais flexível e eles podem facilmente comer carne e vegetais. Normalmente, os gatos acham a comida de cachorro pouco apetitosa. Os cães, no entanto, tendem a adorar o alto teor de proteína na comida de gato.”

Dr. Klein, do AKC, acrescentou: “A comida de gato é muito mais rica em proteínas à base de carne do que a comida de cachorro, então, embora possa ser atraente para o seu cão, comer muito pode levar a distúrbios gastrointestinais, obesidade e pancreatite.”

“Mesmo que seu cão coma comida de gato e esteja aparentemente bem, os altos níveis de proteína podem ser difíceis para o fígado e os rins”, explicou ele.

Dicas de alimentação para casas com vários animais

Confira sugestões para donos que estão tendo problemas com seus cães e gatos comendo a comida uns dos outros:

  • Coloque o seu cão e gato em horários de alimentação diferentes;
  • Tente evitar manter a comida de um gato fora o dia todo ou até que eles terminem toda a comida;
  • Alimente seu cão e gato em lados opostos da cozinha ou em salas diferentes;
  • Coloque tigelas para gatos em locais elevados, como o balcão, para que fiquem fora do alcance de cães famintos;
  • Designe um lugar especial para seu cão e gato que eles possam identificar como seu próprio território.


  • Back to top