Algumas coisinhas que talvez você não saiba sobre o seu gato - Pet é pop

Algumas coisinhas que talvez você não saiba sobre o seu gato

Algumas coisinhas que talvez você não saiba sobre o seu gato
Algumas coisinhas que talvez você não saiba sobre o seu gato
Algumas coisinhas que talvez você não saiba sobre o seu gato (Foto: Cong H/Unsplash)

Você pode amar seu gatinho, mas pode não apreciá-lo pela espécie impressionante que ele realmente é. Por exemplo, você sabia que os gatos têm um órgão extra que lhes permite sentir cheiros?

Veja também:

+ Saiba como disciplinar um gato com problemas de comportamento
+ Dona do cão mais velho do mundo compartilha segredos que explicam a longevidade
+ 8 curiosidades que todo amante de felino deve saber sobre o gato norueguês da floresta

Confira algumas curiosidades que você talvez saiba sobre os felinos:

Gatos são parte tigre

O genoma de um gato doméstico é 95,6% tigre, e eles compartilham muitos comportamentos com seus ancestrais da selva. Por exemplo, o hábito de marcar seu cheiro por arranhar, brincar de presa, perseguir, atacar e marcação pela urina.

Essa genética também se apresenta em coisas de sua personalidade, como o medo de pepinos, balões, cachorros e ser encarado, além de alguns cheiros que eles não gostam, como aromas cítricos, cheiros de lavanda, pinho, alecrim e tomilho.

A aversão à água também vêm dos tigres. Eles até gostam da água, mas muitos optam por não fazê-lo, e isso pode levar ao pânico e até ao afogamento. Além disso, eles adoram estar limpos e estão constantemente se arrumando e, de fato, passam até um terço das horas que estão acordados fazendo isso.

Os gatos andam como camelos e girafas, ou seja, eles movem os dois pés direitos primeiro, depois movem os dois pés esquerdos. Nenhum outro animal anda dessa forma. Os gatos machos são mais propensos a serem patas esquerdas, enquanto as gatas são mais propensas a serem patas direitas, mas alguns são ambidestros.

Eles podem pular até seis vezes o seu comprimento e ter 18 dedos (cinco dedos em cada pata dianteira e quatro dedos em cada pata traseira), com garras curvadas para baixo, o que significa que eles precisam recuar nas árvores.

E só para confundir, alguns gatos têm mais de 18 dedos. Esses felinos são chamados de ‘polidáctilos’ e foram considerados sortudos pelos marinheiros nos dias passados. E se um gato bater em você com as garras retraídas, ele está brincando, não atacando.

Surpreendentemente, os gatos não miam para se comunicar com seus amigos felinos. Eles desenvolveram o miado como uma forma de se comunicar exclusivamente com os humanos. Os gatos têm até 100 vocalizações diferentes, enquanto os cães têm apenas 10.

Comportamento e humor

O comportamento de roubo não é incomum entre os gatos. Eles costumam pegar objetos como bichos de pelúcia e outras coisas que os lembram de presas, e muitas vezes atacam seus tornozelos quando estão entediados.

Suas caudas longas também se equilibram quando estão pulando ou caminhando ao longo de bordas estreitas. Se o seu gato se aproxima de você com uma cauda reta, quase vibrando, isso significa que ela está extremamente feliz em vê-lo, mas uma cauda em forma de ponto de interrogação pode estar te chamando para brincar, expressando felicidade. No entanto, quando seu gato abana o rabo, é a maneira dele de avisá-lo de que você está deixando-o nervoso.

Os gatos usam seus bigodes como sensores para determinar em quais pequenos espaços eles podem caber, com esses bigodes tendo geralmente a mesma largura do corpo. É por isso que você nunca deve cortar os bigodes de um gato.



  • Back to top