A ciência desvenda o quanto cães modificaram nossos cérebros - Pet é pop

A ciência desvenda o quanto cães modificaram nossos cérebros

A ciência desvenda o quanto cães modificaram nossos cérebros
A ciência desvenda o quanto cães modificaram nossos cérebros
A ciência desvenda o quanto cães modificaram nossos cérebros (Foto: Wade Austin Ellis/Unsplash)

Já conhecemos todos os benefícios que a companhia de um cachorro pode nos trazer. Mas, você sabe o quanto eles modificam nosso cérebro? Veja o que a ciência descobriu!

Veja também:

+ Cientistas encontram link entre parasita dos gatos e câncer no cérebro de humanos
+ Vídeo: cães preferem o dono ou a dona? Desafio no TikTok tenta responder
+ 65 animais são capazes de sorrir, segundo a ciência; o cão é um deles

De acordo com especialistas, ter um cachorro pode realmente mudar o seu cérebro, especificamente o hormônio ocitocina, que é responsável por criar laços entre nós e os animais de estimação e ativar o sentimento de cuidado e proteção que temos com eles.

Ou seja, quando você interage com um cachorro, seu cérebro envia ocitocina para seu corpo, criando sentimentos de amor e, apesar desses sentimentos não serem permanentes no corpo, o que leva sua mente a mudar é a experiência.

Além disso, estudos já demonstraram que uma vida com cachorros pode nos trazer saúde também. Reduzindo o risco de asma e diminuindo a pressão arterial, os cães nos deixam menos estressados e nos incentivam a fazer exercícios físicos. Não é de se surpreender que a adoção de cães atingiu um pico durante a pandemia!

  • Back to top