9 dicas para fazer uma mudança sem estressar seu gato - Pet é pop

9 dicas para fazer uma mudança sem estressar seu gato

9 dicas para fazer uma mudança sem estressar seu gato
9 dicas para fazer uma mudança sem estressar seu gato
9 dicas para fazer uma mudança sem estressar seu gato (Foto: Andrea Caramello/Unsplash)

 

Querendo ou não, a maioria dos gatos não gostam de mudanças. Eles amam ficar em casa e ter uma rotina e odeiam qualquer tentativa de tirá-los dessa bolha de conforto. Portanto, não é nenhuma surpresa que seu felino esteja menos animado do que você com a mudança para uma nova casa.

Veja também:

Confira 5 coisas que deixam o gatos estressados
Gatos na quarentena: mudanças na rotina podem deixar seu pet estressado e até doente
5 sinais de que o seu gato pode estar com depressão

Para ajudar a facilitar a transição para o seu gato, aqui estão nove dicas para levar o gatinho do ponto A ao ponto B de uma maneira calma e controlada:

1. Familiarize seu gato com a caixa de transporte

Se o seu gato não está acostumado com uma caixa de viagem, coloque uma na casa várias semanas antes da mudança planejada. Deixe ele se acostumar com a presença dela e torne-a um retiro acolhedor enchendo-a de toalhas macias, brinquedos para gatos e algumas guloseimas. Você pode até colocar a tigela de comida do seu gato dentro dela.

O objetivo é fazer com que o seu gato pense na caixa como uma fuga pessoal, não uma prisão assustadora. Não tranque o gato na caixa, deixe seu animal de estimação entrar e sair quando quiser.

2. Encontre maneiras de manter seu gato calmo durante todo o processo de mudança

Zazie Todd, PhD, psicóloga social, fundadora do blog Companion Animal Psychology e autora de Wag: The Science of Making Your Dog Happy, recomenda o uso de um spray de feromônio calmante para gatos, projetado para reduzir o estresse e a ansiedade. “Há evidências de que os feromônios funcionam”, diz Todd.

3. Escolha um quarto seguro

Assim que a mudança começar, a última coisa que você deseja é que seu gato saia correndo enquanto os móveis e as caixas são carregados. Escolha um espaço seguro temporário para o seu gato no banheiro ou no quarto. Adicione uma caixa de areia, tigelas de comida e água, e a caixa para gatos com a qual seu animal de estimação está acostumado. Mantenha a porta fechada com uma nota para avisar aos transportadores que há um gato dentro.

4. Atualize a identificação do seu gato

Se o seu gato não está com microchip e/ou usando uma coleira com etiquetas de identificação, faça isso antes da mudança. Nunca presuma que seu gato não encontrará uma maneira de escapar quando você menos espera. Mantenha algumas fotos recentes do seu gato à mão, para o caso de precisar identificá-lo se ele ficar longe de você.

5. Viajar de carro com seu gato

Evite dar ao seu gatinho uma grande refeição antes de viajar. Um café da manhã leve para acalmar o estômago é tudo o que você precisa até você parar para dormir. Use um cinto de segurança para prender a caixa para gatos em caso de paradas repentinas. A maioria dos gatos ficará bem sem uma caixa de areia para viagens com menos de 6 horas. Se você vai ficar no carro por períodos mais longos, leve uma caixa de areia descartável que você possa usar no carro ou no hotel.

6. Ficar em um hotel com seu gato

Se você estiver viajando para outra cidade ou estado, encontre hotéis que aceitem animais de estimação antes de viajar, para que você e seu animal possam ficar tranquilos juntos. Antes de soltar seu gato em um quarto de hotel, procure todos os lugares em que ele poderia se esconder depois que você deixá-lo sair da caixa.

7. Viajar com vários gatos

Os mesmos métodos descritos para um único animal de estimação também funcionam para vários gatos. Se os seus gatos forem bons amigos, eles podem viajar juntos em uma caixa maior, onde podem se consolar. Se gostarem de seu espaço pessoal, caixas separadas serão necessárias.

8. Seja paciente com seu gato durante a viagem

Mesmo o gatinho mais amoroso e calmo pode se tornar vocal quando você pega a estrada. A maioria dos gatos se acalma assim que se acostumam com o passeio e podem simplesmente ir dormir. Fique calmo e espere. Como dono de um gato, você já sabe disso: dizer ao seu gato para parar de fazer algo não funcionará.

9. Apresente seu gato à casa nova

Quando você chegar em sua nova casa, coloque seu gato em um cômodo fechado onde ele estará seguro e protegido enquanto os móveis e caixas são movidos. Nunca solte seu gato em uma grande casa vazia. Comece em um cômodo pequeno e, gradualmente, ao longo de uma semana ou mais, dê ao seu animal de estimação mais liberdade para explorar até que ele se sinta confortável vagando por toda a casa.

  • Back to top