7 dicas para que o seu pet emagreça e ganhe dois anos de expectativa de vida - Pet é pop

  • 7 dicas para que o seu pet emagreça e ganhe dois anos de expectativa de vida

    gato obeso - Foto Pixabay
    -->



    gato obeso - Foto PixabayNesta quinta-feira, dia 10 de outubro, é celebrado nos EUA o Dia Nacional de Conscientização da Obesidade em Animais. Trata-se de um lembrete para que os donos atentem para o peso do seu pet e como fazer para que ele volte à forma ideal.

    Atingir e manter um peso saudável reduz o risco de doenças e lesões do seu animal de estimação e contribui para uma melhor qualidade e expectativa de vida mais longa.

    Para ajudar os donos, a Associação Americana de Medicina Veterinária preparou um artigo respondendo às principais questões sobre a obesidade em pets e dando dicas de como colocá-los em paz com a balança.

    cão obeso - Foto Pixabay

    Como sei se o peso do meu pet é saudável?

    Em primeiro lugar, converse honestamente com seu veterinário sobre o peso do seu animal de estimação. O profissional pode avaliar o peso e a saúde geral do seu animal de estimação e fazer recomendações sobre o peso, dieta e exercícios.

    Seu veterinário também pode ensiná-lo a avaliar a condição corporal do seu animal de estimação, observando a forma e sentindo certas partes do corpo do animal. Um peso saudável não é simplesmente um número em uma balança. Veja abaixo um quadro que exemplifica situações corporais de cães e gatos, desde muito magro até obeso.

    Quadro de peso em pets da Associação Americana de Medicina Veterinária

    Quais são os benefícios de manter um peso saudável?

    Manter o animal em um peso saudável reduz o risco de diabetes, pressão alta, doenças respiratórias, doenças renais e algumas formas de câncer. Também pode reduzir os riscos de lesões nos ossos, articulações e músculos associados ao excesso de peso.

    Se seu pet tem artrite, mantê-lo com um peso saudável facilita o controle do desconforto associado à dor nas articulações. Como o excesso de peso pode reduzir a expectativa de vida do seu animal de estimação em mais de dois anos, mantê-lo no peso aumentam as chances de uma vida mais longa, saudável e sem dor.

    Como faço o meu pet emagrecer?

    Não há uma abordagem única ou remédio mágico para ajudar seu animal de estimação a perder peso em excesso. O que funciona para um não necessariamente funciona para outro pet.
    Atingir e manter um peso saudável requer um compromisso com um estilo de vida mais saudável, que alcance um equilíbrio entre as calorias consumidas e as calorias usadas pelo corpo para funções e atividades normais.

    Em termos mais simples, a perda de peso envolve reduzir a ingestão calórica do animal e aumentar o nível de atividade para queimar mais calorias. Seja paciente. Muitas vezes, leva mais tempo para perder peso do que o seu animal de estimação para ganhá-lo. Vamos às ações práticas:

    1 – Coloque o bichinho em primeiro lugar

    Trabalhando com seu veterinário, faça uma avaliação honesta da saúde e do peso do seu animal. Ele tem algum problema médico causado – ou piorado – por excesso de peso? O peso do seu animal de estimação está colocando-o em maior risco de doença ou problemas? Concentre-se no que importa: a boa saúde e a vida útil do seu animal de estimação.

     

    2 – Tire você da equação

    A avaliação honesta do seu veterinário sobre o peso e a saúde do seu animal de estimação não é um julgamento ou uma avaliação do seu próprio peso ou nível de saúde ou uma declaração sobre sua capacidade de cuidar do pet. Se você estiver interessado em um estilo de vida mais saudável, consulte seu médico.

    Seu veterinário tem em mente os melhores interesses de seu animal de estimação, e suas recomendações são baseadas no compromisso com a boa saúde de seu animal. Não é sobre você; é sobre a saúde do seu animal de estimação.

     

    3 – Família unida

    A estratégia para atingir e manter um peso saudável para seu animal de estimação exige um compromisso de toda a família. Um plano jamais será bem-sucedido se alguém – de bom coração – ofereça comida extra para o pet. Lembre a sua família de que existem outras maneiras, além da comida, de demonstrar e expressar seu amor pelo animal.

     

    4 – Menos é menos

    Elimine da dieta dos pets restos de comida humana e guloseimas com alto teor calórico; mantenha um mínimo de petiscos e concentre-se em alimentos saudáveis; e não ceda aos olhares tristes e imploradores.

    Ajuda a diminuir o consumo de alimentos uma tigela ou quebra-cabeça especial que dificulta a ingestão de alimentos ou brinquedos que dispensam alimentos em pequenas quantidades (tenha cuidado para manter a quantidade diária total de alimentos dentro de uma quantidade aceitável).

    Porções menores e mais frequentes também podem ser benéficas para a saúde do seu animal de estimação. Lembre-se de que a quantidade recomendada no rótulo da ração pode não ser apropriada para o seu animal. Consulte seu veterinário sobre a quantidade e a frequência de alimentação adequadas.

     

    5 – Estabeleça metas realistas

    Trabalhe com seu veterinário como uma equipe para desenvolver metas realistas para reduzir o peso do seu pet de maneira saudável. Uma perda rápida demais pode resultar em sérios problemas de saúde.

    Por isso, peça ao seu veterinário recomendações para uma alimentação e exercícios mais saudáveis, que produzam uma taxa razoável e segura de perda de peso com base na saúde geral do seu animal de estimação.

     

    6 – Torne o emagrecimento divertido

    Ser mais ativo e viver um estilo de vida mais saudável beneficia toda a família. Encontre atividades que você goste que podem incluir seu animal de estimação, e a jornada será mais agradável para todos vocês.

     

    7 – Tome nota dos progressos e dos insucessos

    Depois de definir metas razoáveis para atingir e manter o peso saudável de seu animal de estimação, monitore e registre o progresso do animal. Como em todos os programas de emagrecimento, haverá sucessos e erros.

    Ao monitorar e registrar o progresso do seu pet, você pode determinar o que está funcionando e o que não é eficaz e fazer os ajustes necessários para o programa.

  • Back to top