6 coisas que você deve considerar ao cuidar de um cão idoso - Pet é pop

6 coisas que você deve considerar ao cuidar de um cão idoso

6 coisas que você deve considerar ao cuidar de um cão idoso
6 coisas que você deve considerar ao cuidar de um cão idoso
6 coisas que você deve considerar ao cuidar de um cão idoso (Foto: Pixabay)

Com a velhice, alguns sintomas começam a aparecer no seu pet. Talvez ele não se exercite mais como antes e nem enxerga tão bem. Mas, você pode fazer com que seu cão idoso passe por essa parte da vida de uma maneira mais saudável e feliz. Confira!

Veja também:

1. Exercício

Embora um cão mais velho possa não estar tão interessado em brincar com brinquedos como antes, ele ainda precisará fazer exercícios para se manter em forma e prevenir a obesidade. Caminhadas mais lentas e mais curtas são ideais e, para manter a mente do cão ativa, faça brincadeiras mais suaves, como esconde-esconde com os brinquedos do cão.

2. Comida

Conforme um cão envelhece, suas necessidades dietéticas mudam. Os cães mais velhos precisam de menos calorias, pois não são tão ativos quanto os cães mais jovens. Alimentos para cães específicos para idosos são mais digeríveis, mais fáceis de mastigar e contêm minerais para apoiar o envelhecimento das articulações, bem como ácidos graxos para prevenir o ressecamento da pele.

3. Visão

É normal que a visão de um cão idoso enfraqueça. Os olhos do seu cão podem ter uma névoa azulada turva, o que é normal e é apenas um sinal de que seu cão está envelhecendo. No entanto, se eles forem brancos e opacos, pode haver formação de catarata e precisará ser examinado pelo seu veterinário.

Se a visão do seu cão não melhorar, ele saberá se locomover na casa e no jardim pelo hábito e pelo cheiro. Tente não mover os móveis ou redesenhar o jardim, mas se for preciso, guie o cachorro ao redor deles para que eles possam aprender o novo layout.

4. Audição

Se o seu cão mais velho é difícil de acordar e não percebe se você anda atrás dele, ele pode estar perdendo a audição. Os cães surdos dormem profundamente, então a melhor maneira de acordá-los é batendo o pé no chão para que possam sentir as vibrações. Se eles não conseguirem ouvir ruídos de um determinado tom, como sua voz, tente bater palmas ou assobiar.

Um veterinário pode descartar outros problemas médicos, como uma infecção, mas não há muito que possa ser feito para a perda auditiva de cães relacionada à idade. Seu cão pode aprender comandos manuais depois que sua audição diminuir.

5. Incontinência

A incontinência é bastante comum, especialmente em cadelas mais velhas. Às vezes, é causado por uma infecção ou músculos fracos da bexiga. Alguns medicamentos podem ajudar, portanto, consulte um veterinário se notar que seu cão está lutando contra a incontinência.

6. Artrite

Se o seu cão demora para se levantar ou se deitar e tem dificuldade para usar as escadas, ele pode ter artrite, especialmente se você notar isso mais no frio ou na chuva. Seu veterinário poderá confirmar um diagnóstico.

Não há cura, mas suplementos alimentares e medicamentos podem ajudar com as dores e sofrimentos. Coloque a cama do seu cão ao lado de um radiador em climas mais frios e use uma rampa ou levante o cão para dentro e para fora do carro para facilitar seus movimentos.

  • Back to top