5 sinais de que o seu cão está com alergia alimentar - Pet é pop

5 sinais de que o seu cão está com alergia alimentar

5 sinais de que o seu cão está com alergia alimentar



5 sinais de que o seu cão está com alergia alimentar
Imagem de Mirko Sajkov por Pixabay

Não dá para oferecer qualquer comida para seu animal de estimação, ele pode se dar mal e ter uma alergia alimentar. Algumas raças de cães, como Boxer e Cocker Spaniel, são mais propensas ao desenvolvimento desse tipo de problema. Para saber se seu cão está com alergia alimentar, fique atento aos sinais.

Veja também:

1. Coceira intensa

Segundo o site The Good Vet & Pet Guide, os principais sintomas aparecem na pele. A coceira intensa é uma das principais manifestações de que seu cão está com alergia alimentar. Por causa do incômodo, seu pet vai se coçar frequentemente. Isso pode levar à irritação da pele e, em seguida, à inflamação. Ele pode ainda se morder, o que pode provocar a queda de pelos nessas áreas.

2. Infecções recorrentes e persistentes no ouvido

Por incrível que pareça, infecções recorrentes e persistentes no ouvido também são um indicativo de alergias em cães. Se seu pet está constantemente balançando a cabeça e coçando a orelha, fique atento. Você pode inspecionar o ouvido do seu cão em busca de ácaros, fungos ou mesmo água, mas, se nada disso estiver presente, há uma grande chance de ele estar com alergia alimentar.

3. Alterações na cor das unhas do seu pet

Normalmente, as unhas do seu cão devem ter uma cor esbranquiçada com um toque rosado. No entanto, se elas ficarem avermelhadas, marrons ou até com aparência “de sangue”, geralmente é uma indicação de uma resposta inflamatória.

Veja também:

4. Descoloração bronze ao redor dos lábios

Se você tem um cão de pelagem naturalmente branca, detectar a descoloração de bronze ao redor dos lábios, dedos das patas e mandíbula é bastante fácil. Isso costuma ser uma indicação de colonização por leveduras, um dos sinais mais seguros de que seu cão tem alergia alimentar. As espécies de fungos proliferam quando o sistema imunológico está comprometido.

5. Olhos lacrimejantes

Isso na maioria das vezes é causado pela disseminação de substâncias pró-inflamatórias, como a histamina, para os canais lacrimais nos olhos do cão. É bem parecido ao que você sente quando tem rinite alérgica ou dermatite de contato. A congestão nasal bloqueia a passagem normal do líquido lacrimal e, como resultado, deixa os olhos lacrimejantes.

Veja também

+ Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg

+ Artista recria rostos de imperadores romanos

+App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+McDonald’s vende molho especial pela primeira vez no Brasil

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo


  • Back to top