5 dicas para que o seu cão vire o companheiro de trabalho perfeito no home office - Pet é pop

5 dicas para que o seu cão vire o companheiro de trabalho perfeito no home office

5 dicas para que o seu cão vire o companheiro de trabalho perfeito no home office
5 dicas para que o seu cão vire o companheiro de trabalho perfeito no home office
5 dicas para que o seu cão vire o companheiro de trabalho perfeito no home office (Foto: Vlad Shu/Unsplash)

Um dos poucos benefícios da quarentena foi poder passar mais tempo com nossos animais de estimação. Eles se tornaram verdadeiros colegas de trabalho para quem fez home office, oferecendo companhia e ouvindo as suas ideias mais malucas.

Veja também:

Além disso, há benefícios maiores em sair com nossos animais de estimação. Eles podem ajudar a melhorar nossa saúde mental, reduzindo o estresse e a ansiedade e proporcionando um fluxo constante de amor e afeto, além de nos motivar a permanecer ativos e nos fazer companhia.

De acordo com uma pesquisa com donos de animais de estimação feita pela Purina, um terço (33%) passou mais tempo conversando com seus animais de estimação desde a pandemia, três quartos (73%) acham que seu animal de estimação os entende e dois quintos (43%) ) dizem que seus animais de estimação os ajudaram a lidar com a situação.

Dois em cada cinco acham que conversar com seu animal de estimação é relaxante, enquanto 30% acreditam que seu animal de estimação foi “extremamente importante para seu bem-estar mental”, e um quarto (23%) afirma que conversar com seu animal de estimação até ajudou a combater a solidão.

Para tornar seu cão o companheiro de home office perfeito, incluindo como integrá-lo de volta à vida no escritório, confira algumas dicas:

1. Faça uma rotina

Estabelecer uma boa rotina é a chave. É importante acostumar seu cão a ser ignorado para que ele se comporte caso você precise ir a uma reunião ou participar de uma videochamada. Apesar de ter momentos que você realmente se envolve com seu cão, dando-lhes carinho ou brincando, terá momentos que você não consegue prestar atenção completa ao seu cão.

Para que ele se acostume a não receber atenção por um determinado período, faça pequenos intervalos entre as interações. Isso vai ajudar muito quando, por exemplo, você tem uma chamada de vídeo e precisa prestar atenção total às outras pessoas na reunião.

2. Sucesso com alimentação

Nem todo cão tem temperamento adequado para a vida no escritório, mas não subestime o quanto os alimentos certos (ou errados) afetarão seu comportamento, com aditivos desnecessários tornando-os mais inquietos e hiperativos.

Limite-se a refeições de alta qualidade e tenha cuidado com o que lhes dá ao longo do dia, como petiscos: evite qualquer coisa açucarada. Embora algumas frutinhas sejam boas em um brinquedo de distribuição de comida, para que ele possa se distrair sozinho tentando pegá-las.

3. Saúde e segurança

Os escritórios estão cheios de cabos e papéis importantes também, então é uma boa ideia desenvolver algumas estratégias para lidar com cães que gostam de mastigar. Certifique-se de ter todos os cabos organizados em tubos de plástico organizadores de cabos especiais para ajudar eles ficarem fora de perigo.

Tenha uma caixa ou cercadinho para dar ao seu cão um lugar para se refugiar com segurança, bem como ajudá-lo a mantê-lo sob controle quando estiver ocupado. No entanto, certifique-se de que seu cão seja treinado na caixa com antecedência. Se você não tem uma caixa, é bom ter um cercadinho ou algum tipo de canto em uma área onde o cachorro sabe que ninguém vai vir incomodá-lo.

4. Mantenha-o social

É fácil para os cães perderem suas habilidades sociais durante a quarentena, mas continuar a levá-los para caminhadas regulares significa que eles estão acostumados a ver outros cães e pessoas, mesmo que seja à distância. Também pode ajudar a mantê-los por perto durante as videochamadas, para que se acostumem a ouvir outras vozes.

5. Preparação para separação

Se você precisar deixar seu cachorro para trás enquanto volta para o escritório, a preparação é tudo. Embora a ansiedade seja um dos humores que a separação pode instigar nos cães, também pode ​​haver medo da separação, frustração da separação e até mesmo diversão na separação. Você pode voltar para casa e encontrar um sofá mastigado e presumir que seu cachorro está triste, mas ele se divertiu muito sozinho.

Um truque para preparar seu cão para o retorno da “vida real” é sair de casa por um curto período todos os dias, dando dicas como se vestir, encontrar suas chaves e colocar as coisas na sua bolsa. Se puder, saia por alguns minutos, como para ir ao mercado, e depois volte para casa para trabalhar. Assim, seu cão vai se acostumar com sua ausência. Ao longo dos dias, aumente o tempo que você fica fora até, eventualmente, voltar ao trabalho presencial.

Embora os próximos meses sejam imprevisíveis, praticar essas dicas com seu cão agora, além de alimentá-lo com uma dieta de boa qualidade, aumentará suas chances de uma vida feliz e saudável e ajudará os dois a se prepararem para um retorno à normalidade.

  • Back to top