5 dicas infalíveis para que cães e gatos vivam em harmonia sob o mesmo teto - Pet é pop

5 dicas infalíveis para que cães e gatos vivam em harmonia sob o mesmo teto

5 dicas infalíveis para que cães e gatos vivam em harmonia sob o mesmo teto
5 dicas infalíveis para que cães e gatos vivam em harmonia sob o mesmo teto
5 dicas infalíveis para que cães e gatos vivam em harmonia sob o mesmo teto (Foto: Ingo Jakubke/Pixabay)

Os cães e gatos geralmente são tratados como arqui-inimigos, por isso muitos amantes de animais de estimação evitam tê-los morando na mesma casa. Mas isso não significa que eles não possam viver em harmonia e, até, se tornarem melhores amigos.

Veja também:

Confira cinco dicas para ajudar seu cão e seu gato a viverem juntos em harmonia:

1. Use comandos para controlar a perseguição

Como criaturas brincalhonas, é muito fácil para os cães perseguirem gatos, algo que decorre de seu comportamento instintivo. No entanto, esse tipo de atenção indesejada pode não ser recebido muito bem por um gato que está apenas tentando cuidar da própria vida.

Reservar um tempo para ensinar comandos ao seu cão, como “sentar”, “ficar” e “deitar”, levará a mais controle, o que significa que você pode ajudar a difundir qualquer situação cabeluda em casa entre os dois.

2. Crie um espaço seguro para o seu amigo felino

Como criaturas territoriais, os gatos gostam de seu próprio espaço pessoal. E se você também tiver um cachorro sob o mesmo teto, certifique-se de que seu gato tenha um espaço seguro fora do alcance de qualquer cão.

Além disso, a caixa de areia do gato deve ser colocada em um local seguro que não seja facilmente acessível a um cão. Isso porque os cães podem ter o hábito de ingerir fezes de gato, o que pode causar graves problemas intestinais causados ​​pela bactéria. Os perigos podem levar a complicações de saúde, como vômitos, diarreia e anemia.

3. Utilize o poder do cheiro

Para ajudar cães e gatos não apenas a se reconhecerem, mas também a se acostumarem, permita que eles cheiram os pertences uns dos outros. Por exemplo, pegue a roupa de cama e troque-a, para que eles satisfaçam sua curiosidade e se familiarizem com o cheiro de seus companheiros de casa.

4. Encontre gostos em comum e programe horários de reuniões

Uma boa maneira de começar a construir o relacionamento é planejar que os animais fiquem juntos sob supervisão. Algo que gatos e cães têm em comum é o amor mútuo pela comida. Eles começarão a associar a hora das refeições com o cheiro um do outro. Porém, certifique-se de que a refeição mútua entre eles seja no mesmo lugar. Não introduza a hora do jantar para os dois em um de seus espaços seguros.

5. Afrouxe as rédeas e deixe-os brincar

Uma vez que os limites tenham sido definidos, procure afrouxar um pouco as rédeas e permitir que eles tentem brincar juntos, pois isso pode realmente ajudar a criar um vínculo. Isso ocorre porque brincar é uma forma importante para os animais de estimação mostrarem união.

  • Back to top