5 dicas infalíveis para atenuar a ansiedade do seu pet - Pet é pop

5 dicas infalíveis para atenuar a ansiedade do seu pet



Imagem de Danae Callister por Unsplash

Assim como em humanos, a ansiedade do seu pet, quando não tratada corretamente, pode causar impactos na qualidade de vida dele, além de outras complicações de saúde.

Veja também:

Saiba como lidar com a ansiedade de separação do seu gato
5 razões pelas quais o seu cão late demais e como dar um jeito nisso
Confira 5 coisas que deixam o gatos estressados

Com mais e mais cães e gatos reaprendendo como ficarem sozinhos de novo com seus donos voltando ao trabalho presencial, especialistas afirmam que isso causará um aumento na ansiedade de separação dos pets.

Danni Dusek, veterinária da PETstock, afirma que vai levar tempo para que eles se ajustem à rotina de antes da quarentena e que isso pode causar muito estresse.

Encontre soluções confortáveis

Veterinários afirmam que a companhia de um humano é a melhor forma de melhorar este quadro, mas, quando isso não é possível, seu cheiro é a segunda melhor coisa.

“Quando falamos de ansiedade de separação, uma das melhores opções é deixar que seu pet fique dentro de casa”, afirma Lara Shannon, embaixadora da PETstock. “Deixe seu quarto aberto para que ele possa subir na sua cama, cubra ela com um cobertor se está preocupado com os pelos”.

Se isso não for o suficiente, procure alguém que possa visitar seu cão ou gato uma vez durante o dia, como um vizinho ou uma babá de pet.

Encoraje a independência

Danni recomenda criar uma atmosfera confortável na casa para ele se sentir seguro. Separe um quarto na casa onde ele possa ficar, longe de crianças e com acesso a brinquedos e petiscos. Encoraje ele a ficar neste ambiente e garante que ele esteja relaxado antes de sair de casa, assim, ele terá um espaço seguro quando você não estiver por perto.

Estimule os sentidos deles

As especialistas afirmam que incluir feromônios em spray ou difusores pode ajudar no tratamento da ansiedade, tanto para cães, como para gatos.

Mude sua rotina

Os cães, especialmente, sabem todos os nossos passos, então, eles sabem quando você está se arrumando para sair de casa, o que pode causar a ansiedade.

“Então mude sua rotina, pegue as chaves primeiro, depois tome café da manhã, coloque tudo no carro e depois volte para casa por um tempo”, comenta Laura.

Quando medicá-los?

Danni diz que se um pet está sofrendo com a ansiedade e nada parece estar funcionando, a melhor opção é consultar seu veterinário para um remédio contra a ansiedade.

“Uma vez que a ansiedade do nosso pet está sob controle com a medicação, o objetivo é que você consiga treiná-lo para que ele se sinta relaxado e seguro longe de você”, explica.

Exercitar é a chave

Encontre maneiras que seu cão ou gato possam se distrair quando você não está em casa. Por exemplo, um dispenser que eles possam brincar e que solta comida é uma ótima opção. Pets adoram trabalhar por comida. Isso faz com que eles fiquem física e mentalmente estimulados.

Veja também

+ Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg

+ Artista recria rostos de imperadores romanos

+App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+McDonald’s vende molho especial pela primeira vez no Brasil

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo


  • Back to top