13 raças de cães para quem quer continuar saindo pouco de casa mesmo depois da pandemia - Pet é pop

13 raças de cães para quem quer continuar saindo pouco de casa mesmo depois da pandemia

13 raças de cães para quem quer continuar saindo pouco de casa mesmo depois da pandemia
13 raças de cães para quem quer continuar saindo pouco de casa mesmo depois da pandemia
13 raças de cães para quem quer continuar saindo pouco de casa mesmo depois da pandemia (Foto: Jay Wennington/Unsplash)

Assim como os humanos, alguns cães preferem ficar em casa. Confira as raças de cães caseiras para quem não quer ficar saindo de casa mesmo depois da pandemia!

Veja também:

1. Terrier americano sem pelo

Os terriers americanos sem pelo gostam apenas de caminhadas rápidas porque preferem ficar em ambientes fechados. Além disso, é melhor para a saúde deles. Os proprietários devem ajudar esses cães a proteger sua pele do sol (com protetores solares para cães) e do frio (com roupas para cães). Eles também são hipoalergênicos, o que é uma ótima notícia para quem sofre de alergia.

2. Basset hound
13 raças de cães para quem quer continuar saindo pouco de casa mesmo depois da pandemia
(Foto: Pixabay)

Os basset hounds gostam de um estilo de vida interior e discreto. Eles precisam de uma caminhada diária (de preferência com outros amigos cães) e podem se deixar levar por um cheiro. Mas, quando voltar para casa, prepare-se para uma soneca preguiçosa.

3. Buldogue
English Bulldog, Dog, Sweet, Charming, Mammals, Puppy
(Foto: Pixabay)

Por conta de ser uma raça de focinho curto, os buldogues não devem fazer exercícios rigorosos ou ser deixados ao ar livre em clima quente. Eles precisam de exercício suficiente para manter um peso saudável, mas além de passeios rápidos, eles se contentam em esticar os pés ao seu lado no sofá.

4. Cavalier King Charles Spaniel
13 raças de cães para quem quer continuar saindo pouco de casa mesmo depois da pandemia
(Foto: Pixabay)

O Cavalier King Charles Spaniel é um dos cães mais adaptáveis que existem. Eles ficam mais do que felizes em se ajustar ao seu estilo de vida de seus donos, especialmente se isso significar ficar sob os cobertores. Eles gostam de brincar ao ar livre com crianças e outros animais de estimação, mas se você for uma pessoa caseira, eles também serão.

5. Chihuahua
Chihuahua, Small Dog, Dog, Chiwawa, Cute, Purebred Dog
(Foto: Pixabay)

Esses pequenos cães de companhia não vão querer sair do seu lado quando você estiver em casa, mas também gostam de se aventurar em passeios curtos. Chihuahuas são exemplos de cães que se dão bem em apartamentos e espaços menores por causa de seu tamanho. Uma corrida pelo corredor ou uma hora de brincadeira no quarto são exercícios suficientes para um dia.

6. Chow Chow
13 raças de cães para quem quer continuar saindo pouco de casa mesmo depois da pandemia
(Foto: Pixabay)

Esses animais grandes e fofos não precisam de muitos exercícios ao ar livre ou interação com outras pessoas. Na verdade, eles são incrivelmente dedicados às suas famílias e não gostam de estranhos. Com hábitos felinos, os Chow Chows são conhecidos por serem gentis e independentes.

7. Coton de Tulear
Coton De Tulear, Dog, White Dog, Animal
(Foto: Pixabay)

Coton de Tulear é mais uma daquelas raças ativas e brincalhonas, cujas necessidades podem ser facilmente atendidas dentro de casa. Se você está procurando por um companheiro extrovertido e engraçado, adote um destes. No entanto, certifique-se de fornecer a eles muitos brinquedos para seu entretenimento.

8. Buldogue francês
13 raças de cães para quem quer continuar saindo pouco de casa mesmo depois da pandemia
(Foto: Pixabay)

Frequentemente nas listas dos cães mais adaptáveis ​​e amigáveis , o buldogue francês não exigem muito de você e não sentem a necessidade de latir para se anunciar. Eles preferem muito mais brincadeiras internas do que exercícios ao ar livre.

9. Lapphund sueco
Finnish Lapphund, Dog, Tip
(Foto: Pixabay)

O lapphund sueco precisa apenas de caminhadas no parque e longas brincadeiras para se exercitar. Esses cachorros fofinhos são verdadeiros caseiros, contanto que você também esteja em casa: pessoas que trabalham até tarde ou não estão em casa na maior parte do tempo não deveriam adotar um lapphund sueco. Seus sentimentos serão facilmente feridos se você não puder colocá-los em primeiro lugar.

10. Chin japonês
Dog, Japanese Chin, Animal, Pet, Sweet, Head, White
(Foto: Pixabay)

Os chins japoneses podem ser teimosos e preferem brincadeiras em ambientes fechados. Criados como animais de companhia para a nobreza japonesa, eles são dignos e adoram cuidar de seus humanos.

11. Maltês
Dog, White, Maltese, Puppy, Young Animal, Pet, Animal
(Foto: Pixabay)

Semelhante ao chin japonês, o maltês foi criado entre a realeza. Eles são cachorrinhos que se adaptam bem a praticamente qualquer estilo de vida. Mais silenciosos e calmos do que outros cachorros toy, como o Bichon Frise ou o Papillon, os malteses se contentam em ficar dentro de casa com você.

12. Pug
13 raças de cães para quem quer continuar saindo pouco de casa mesmo depois da pandemia
(Foto: Unsplash)

Como os buldogues e os buldogues franceses, os pugs requerem exercício suficiente para mantê-los em forma, mas não tanto a ponto de superaquecer ou ficar sem fôlego. Esses filhotes são um dos cães mais populares devido à sua adaptabilidade.

13. Shar Pei
short-coated tan puppy
(Foto: Unsplash)

Os Shar Peis são muito cautelosos com estranhos, por isso, são ótimos cães de guarda, mas podem se tornar agressivos se um cão ou pessoa indesejável entrar em sua casa. Isso significa que a socialização quando são filhotes é crucial se você quiser que eles tenham um bom comportamento mais tarde. Resumindo: eles podem se adaptar bem com um treinamento eficaz e se dar bem em casa.

  • Back to top