11 coisas que todo dono de gato deve saber, segundo os veterinários - Pet é pop

11 coisas que todo dono de gato deve saber, segundo os veterinários

11 coisas que todo dono de gato deve saber, segundo os veterinários



11 coisas que todo dono de gato deve saber, segundo os veterinários
Imagem de Capri23auto por Pixabay

Cuidar de um gato nem sempre é fácil, mas os cuidados adequados com seu animal de estimação podem ajudar a mantê-lo feliz e saudável. Confira a lista de 11 coisas que todo dono de gato deve saber, segundo os veterinários.

Veja também:

1. Vacine seu gato no tempo previsto

Amanda Landis-Hanna, veterinária e gerente sênior de assistência veterinária da PetSmart Charities, disse ao site Insider que seguir o cronograma de vacinação para os filhotes é crucial para ajudar seu gato a ter uma vida longa e saudável.

“Os gatinhos precisam de várias imunizações durante o primeiro ano para protegê-los contra doenças graves. Depois disso, eles precisarão apenas de reforços anuais”, explica.

Recomenda-se que a primeira rodada de vacinas seja dada quando o gatinho completar nove semanas de vida e a segunda três semanas mais tarde.

2. Tente manter seu gato dentro de casa o máximo possível

Os gatos costumam ficar mais seguros quando passam a maior parte do tempo dentro de casa. O veterinário Matthew McCarthy, proprietário do Juniper Valley Animal Hospital, em Nova York, aconselha os donos a evitarem que seus pets fiquem perambulando pelas ruas.

“Gatos que vivem em ambientes fechados não podem ser atropelados por carros, estão menos expostos a doenças infecciosas e menos propensos a entrarem em brigas com outros animais”, diz. Além disso, o veterinário destaca que os gatos, por serem predadores oportunistas, podem impactar o equilíbrio do ecossistema local.

3. Dê a seu gato muitas coisas para arranhar

Disponibilizar postes arranhadores com textura adequada, como corda de sisal ou madeira natural, é uma maneira de evitar a destruição dos móveis da sua casa e, acima de tudo, manter seu gato saudável. “Isso permite que eles marquem o território com o cheiro e com traços visíveis. Também ajuda a afiar garras, remover unhas mortas, aliviar o estresse e alongar os músculos”, afirma McCarthy.

4. Tente aguçar o instinto de caça de seu gato

Ao Insider, o veterinário lembra que os felinos são caçadores solitários, que comem até 20 pequenas refeições diariamente. “Tente simular alguns desses comportamentos de caça por meio de brinquedos ou quebra-cabeças, jogando ração ou escondendo ração em casa”, recomenda.

Os gatos também preferem comer longe do olhar de outros animais. Assim, coloque a tigela dele em um local mais reservado para que seu pet possa ficar mais relaxado na hora de se alimentar.

5. Verifique regularmente se seu gato tem água à disposição

É fundamental garantir que seu gato esteja bem hidratado, dando a ele livre acesso à água. Na natureza, gatos bebem água em locais separados da comida. Tendo isso em mente, espalhe tigelas em diferentes locais da casa e longe dos alimentos. Além disso, alguns felinos preferem água corrente à água parada. A comida enlatada também pode ajudar nesse sentido.

11 coisas que todo dono de gato deve saber, segundo os veterinários
Imagem de wei lee por Pixabay

6. Tenha mais caixas de areia do que gatos

Entre as coisas que todo dono de gato deve saber, segundo os veterinários, está o fato de que os felinos preferem usar a caixa de areia longe de outros animais. Segundo Amanda Landis-Hanna, o ideal é ter duas caixas de areia por gato e elas devem ser espalhadas por toda a casa, tendo ao menos uma por andar.

7. Verifique se a caixa de areia é grande e isolada o suficiente

Se você está tendo dificuldade para que seu gato use a caixa de areia, o problema pode ser a própria caixa. “Os gatos precisam ser capazes de se virar, cavar e eliminar em suas caixas de areia. A caixa deve ter 1,5 vezes o tamanho do gato, da ponta do focinho até a base do rabo”, aconselha Matthew McCarthy.

O veterinário também diz que gatos não gostam de ser incomodados quando vão usar o “banheiro”. Por isso, recomenda que as caixas de areia sejam colocadas em locais tranquilos e isolados da casa, longe da comida, da água e da área de dormir.

Veja também:

8. Gatos domésticos devem ser castrados

Castração e esterilização podem ajudar a evitar ninhadas indesejadas,. Sara Ochoa, veterinária e consultora do Dog Lab, disse ao Insider que essa é uma forma de controlar a população de pets. “Há muitos gatos em abrigos de animais esperando para serem adotados”, alerta.

9. Dê aos gatos brinquedos estimulantes

Embora não sejam tão ativos quanto os cães, os gatos gostam de brinquedos estimulantes e desafiadores. Quebra-cabeças ou brinquedos que se movam inesperadamente se encaixam no instinto natural de caça do gato e podem ajudá-lo a manter a mente ocupada.

11 coisas que todo dono de gato deve saber, segundo os veterinários
Imagem de tookapic por Pixabay

10. Considere colocar um microchip em seu gato

Um microchip, que é do tamanho de um grão de arroz, é uma forma permanente de identificação do seu gato. Ele é colocado sob a pele do animal e pode ser detectado por um scanner especial em abrigo de animais e consultórios veterinários. “Os microchips aumentam as chances de encontrar pets perdidos”, destaca Amanda Landis-Hanna.

11. Teste seu gato para leucemia felina

A leucemia felina (FeLV) é um vírus que pode causar problemas imunológicos e câncer em gatos. Os sintomas incluem febre, perda de peso, aumento dos gânglios linfáticos, infecções de pele e desconforto gastrointestinal. A veterinária aconselha os donos a testarem seus gatos para a doença. “Esse vírus é perigoso e pode se espalhar de gato para gato”, diz. Embora exista uma vacina, é melhor evitar contato com animais que ainda não foram testados.

Veja também

+ Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg

+ Artista recria rostos de imperadores romanos

+App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+McDonald’s vende molho especial pela primeira vez no Brasil

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo


  • Back to top