10 dicas para tornar a vida do seu cão mais prazerosa, divertida e saudável - Pet é pop

10 dicas para tornar a vida do seu cão mais prazerosa, divertida e saudável

Cão feliz - Foto Pixabay



Cão feliz - Foto PixabayTodos os dias fazemos muito pelos nossos cães: passeamos, alimentamos, enchemos potes de água, agendamos consultas veterinárias e damos medicamentos. E isso é apenas parte da lista de afazeres

Então, é natural sentir que preenchemos todos os requisitos para que nossos bichinhos se sintam felizes. No entanto, por maior que seja a lista, nem sempre se trata de fazer mais, mas de tornar o que fazemos mais satisfatório e alegre para os cães.

Ao focar nossa consciência nas experiências dos amigos caninos, é possível encontrar maneiras simples de torná-los mais felizes sem trabalhar mais. Veja as dicas da especialista em comportamento animal Karin London, da revista californiana “Bark”.

 

1 – Faça da vida uma aventura

Cão passeio - Foto Pixabay

Muitos cães adoram passeios para novos lugares. Portanto, em vez de repetir o mesmo trajeto todos os dias, considere o que ele gosta e encontre lugares que correspondam aos seus interesses.

Um novo parque, uma trilha inexplorada ou até mesmo caminhar em um novo bairro adiciona diversão e interesse à vida do seu cão.

Qualquer lugar desconhecido estará cheio de novos cheiros, e isso é um prazer para muitos cães. É um bônus se o seu cão adora andar de carro, pois novas aventuras se revelam da janela do veículo.

 

2 – Deixe o cãozinho escolher

Cão brincadeira - Foto Pixabay

A maioria dos cães adora a liberdade de tomar suas próprias decisões. As preocupações com a segurança – sem mencionar as leis e o bom senso – nos impedem de simplesmente abrir as portas e deixar nossos cães soltos para fazer o que quiserem.

Mas, se houver lugares em que seu cão possa ficar sem guia e com segurança, tire proveito deles. Permita que o seu cão escolha para onde correr e com que rapidez, rolando ou brincando, o que cheira e por quanto tempo.

 

3 – Brinque até não poder mais

Cão brincadeira - Foto Pixabay

Brincadeiras adicionam doses fenomenais de felicidade à vida de um cão. Se eles pudessem falar, muitos provavelmente diriam que a hora de brincar é a melhor parte do dia.

Além da diversão óbvia, as brincadeiras também oferecem exercícios mentais e físicos e oportunidades de socialização, além de levar a sentimentos de sucesso e a uma cooperação aprimorada. Além disso, é uma ótima estratégia de combate ao tédio.

Se o seu cão gosta de brincar de certas maneiras, aproveite esse tipo de diversão e, se não, explore maneiras de provocar o interesse dele. Muitos cães aprendem a gostar de brincar se os ensinarmos a se interessar por brinquedos.

Obviamente, nem todos os cães curtem brinquedos, mas muitos aprenderão a amá-los com uma pequena ajuda. Se você está absolutamente convencido de que seu cão não tem interesse em brincar, explore os jogos de perseguição antes de fechar o livro sobre o assunto.

 

4 – Exercite os maxilares

Cão mastigação - Foto Pixabay

Explorar objetos e atividades evita o tédio canino enquanto proporciona exercício mental. A mastigação é uma atividade muito natural para os cães, e eles geralmente adotam a abordagem “mais é melhor”.

Reserve uma parte do orçamento para comprar brinquedos e objetos mastigáveis. Lembre-se de que os cães estão usando esses brinquedos, não os arruinando. Se o seu cão tende a extrair o recheio dos brinquedos, considere comprá-los sem recheio.

Se a mastigação é um passatempo recorrente do seu amigo, escolha itens mais durávei. Ossos, couro cru e orelha de boi são opções.

Você deve monitorar a mastigação do seu cão para garantir que ele não engula os pedaços ou se machuque. Sempre verifique com seu veterinário o que é seguro para os dentes do seu cão.

 

5 – Saiba mais sobre ele

Cão livro - Foto Pixabay

Quanto mais você entende os cães, mais fácil é evitar interpretá-los mal e se comunicar com sucesso. Aprimore a linguagem corporal do cão ou aprenda mais sobre cognição, treinamento e comportamento.

Aumentar o conhecimento sobre o seu cão ajudará você a esclarecer qualquer confusão entre vocês dois ou a descobrir o que ele deseja.

É especialmente útil reconhecer sinais de que seu cão está estressado, nervoso, assustado ou desconfortável, para que você possa aliviar a situação, alterando o contexto ou removendo-o dele.

 

6 – Varie o cardápio

Cão comida - Foto Pixabay

Há muito debate sobre o que constitui a dieta mais saudável para cães. No entanto, poucos discordam sobre o valor de variar a comida. Se o seu cão tolera mudanças na dieta, misturar um pouco as coisas e adicionar alimentos frescos trará a ele muita alegria.

Isso se aplica também aos petiscos. Mas, claro, se problemas gastrointestinais exigirem que ele coma a mesma coisa regularmente, essa sugestão não se aplica.

 

7 – Evite o que ele não gosta

Cão triste - Foto Pixabay

Alguns cães adoram ter uma horda de crianças ao seu redor, mas outros ficam infelizes nessa situação. Se seu cão se opõe ao ventilador de teto, ao som da chaleira fervendo, à campainha ou ao gato comendo sua comida, existem maneiras de evitar pequenas irritações domésticas.

Se seu cachorro fica contrariado com os latidos do cão vizinho durante suas caminhadas, siga outra rota.

Pode ser também que o seu cão odeie ficar com o pelo emaranhado. Nesse caso, reserve tempo todos os dias para escová-lo.

Todo cão é diferente, mas se você descobrir que algo o incomoda, encontre uma maneira de protegê-lo.

 

8 – Continue o treinamento

Cão treinamento - Foto Pixabay

O treinamento envolve muito mais do que ensinar maneiras e habilidades básicas, e é um processo que pode gerar benefícios contínuos. Cães bem treinados podem ter mais liberdade e oportunidades de socializar e poder ir a mais lugares.

É menos provável que fiquem frustrados e confusos se souberem o que você quer que eles façam.

Outras recompensas incluem construção de relacionamento, diversão, autoestima aumentada e visitas mais agradáveis ​​ao veterinário. Um cão bem treinado pode ser examinado e tratado com menos estresse, porque sabe responder às solicitações e requer menos manipulação física.

 

9 – Massageie os pontos certos

Cão massagem - Foto Pixabay

São encantadores os suspiros satisfeitos dos cães quando eles são esfregados exatamente no lugar certo. Muitos gostam de massagens nos quadris, pescoço, peito e a área logo acima da cauda.

Leia sobre ou assista a um vídeo de instruções sobre massagem canina e use suas novas habilidades. Seu cão agradecerá por isso.

 

10 – Ame-o como ele é

Cão amor - Foto Pixabay

Há uma grande felicidade em ser amado como você é, em vez de ser pressionado a ser o que não é. Isso é verdade tanto para cães quanto para pessoas.

Portanto, se seu cão gosta de aconchegar-se, deixe-o, mesmo que você esteja se sentindo com calor no momento. Da mesma forma, se o seu cão preferir seu próprio espaço, não o force a abraçar o que você gosta.

Se ele adora puxar, mas fica entediado em recuperar bolinhas, aceite que você tem um cachorro que não está interessado em jogos intermináveis ​​de busca.

Se ele acha que é metade gato quando está perto da água e não quer encarar aquela umidade, deixe de lado seus planos de passar os sábados no lago juntos.

O cão é quem ele é, e não há maneira mais profunda de aumentar o quociente de felicidade dele do que desistir de tentativas de mudá-lo e amá-lo, exatamente como ele é.

Veja também

+ Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg

+ Artista recria rostos de imperadores romanos

+App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+McDonald’s vende molho especial pela primeira vez no Brasil

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo


  • Back to top