10 coisas estranhas que os cães fazem e as razões desses comportamentos - Pet é pop

10 coisas estranhas que os cães fazem e as razões desses comportamentos

10 coisas estranhas que os cães fazem e as razões desses comportamentos
10 coisas estranhas que os cães fazem e as razões desses comportamentos
10 coisas estranhas que os cães fazem e as razões desses comportamentos (Foto: Nikolay Tchaouchev/Unsplash)

Alguns comportamentos caninos podem deixar os donos muito confusos. Nós, humanos, não entendemos porque os cães fazem as coisas estranhas que fazem, mas isso não significa que eles não tenham seus motivos.

Veja também:

+ Conheça os prós e os contras de dormir com o seu cão na cama
+ Foto: cães se conhecem na rua, trocam abraço e quebram a internet
+ As 10 melhores raças de cães para conviver com humanos idosos

Confira o que está por trás de cada um desses comportamentos, de acordo com especialistas:

1. Farejar o bumbum alheio

Embora pareça a coisa mais estranha de se fazer, é uma forma cortês de cumprimentar alguém no mundo canino, muito parecido com um aperto de mão para humanos.

O nariz canino tem mais de 150 milhões de receptores olfativos em comparação com meros 5 milhões no nariz humano, de acordo com os veterinários Ryan Llera e Lynn Buzhardt, do VCA Animal Hospitals.

Esta super-capacidade de cheirar permite que os filhotes coletem muitas informações interessantes sobre seu amigo recém-descoberto a partir dos feromônios liberados ao redor do ânus. “Os cães farejam o bumbum como forma de saudação e obtêm informações vitais das secreções anais. Este cão é amigo ou inimigo? Ele vai ser agressivo? Ele está se sentindo doente?”, explicaram os veterinários ao site BestLife.

2. Pendurar a cabeça para fora da janela em um carro em movimento

Os cães estão tendo uma sobrecarga sensorial durante um passeio de carro, de acordo com Natalie Zielinski, diretora de serviços de comportamento da Wisconsin Humane Society, à revista Discover. “Os cães recebem mais estimulação olfativa com a cabeça totalmente fora do carro do que dentro do carro. E mesmo ter as janelas abertas apenas alguns centímetros parece fornecer o enriquecimento e estimulação que os cães procuram”, disse ela.

É por isso que nossos companheiros caninos estão dispostos a ter o rosto golpeado contra o vento enquanto penduram a cabeça para fora de um carro em movimento: esse hábito os inunda com novos cheiros. Uma vez que nossas membranas olfativas têm apenas o tamanho de um selo postal, mal podemos avaliar como isso é gratificante.

3. Olhar para você enquanto faz cocô

Eles estão tentando dizer a você para lhes dar um pouco de privacidade? Não. Segundo Madeline Friedman, uma especialista em comportamento canino da Innovative Dog Training, os cães podem estar esperando uma recompensa por fazerem suas necessidades no lugar correto.

Quando são filhotes, a maioria dos cães é recompensada por ir ao banheiro no lugar certo, mas “a maioria dos donos não mantém o reforço quando o cão é treinado, pelo menos não com tanta frequência”, explicou Friedman. “Acho que o cão se lembra do reforço e espera mais.”

4. Chutar os pés após fazer cocô

De acordo com Allison Birken, do PetMD.com, eles estão marcando seu território com odores de suas patas. Caninos têm glândulas odoríferas em seus pés que tornam os feromônios secretos mais pungentes e duram mais do que os cheiros de urina e fezes.

Chutar a sujeira depois de defecar é uma forma instintiva de se comunicar com outros cães, transmitindo reivindicações territoriais, mensagens de disponibilidade sexual e avisos de perigo.

5. Percorrer o quintal ou sala de estar na velocidade da luz

Tecnicamente chamado de FRAPS (períodos de atividade aleatória frenética), mas mais conhecido como “zunido”, correr pelo quintal ou pela casa em uma explosão repentina é simplesmente uma maneira de o cão liberar energia reprimida, de acordo com PuppyLeaks.com. Geralmente ocorre em cães mais jovens e naqueles que ficaram deitados pela casa o dia todo. O comportamento é mais observado após um banho ou durante uma brincadeira.

6. Andar em círculos antes de deitar

Ninguém parece saber ao certo por que os cães circulam antes de deitar, mas existem muitas teorias, de acordo com ipupster.com. Entre eles:

  • É um comportamento evolucionário de autoproteção. Girar em um círculo completo permite que o animal verifique seus arredores e se posicione de frente para o vento para que possam sentir o cheiro de predadores que se aproximam.
  • Eles estão imitando o cão alfa. Os ancestrais dos cães eram animais de carga. Eles estão imitando líderes distintos do resto da matilha.
  • Eles estão preparando a cama. Caminhando em círculos, seus ancestrais lobos podiam limpar a grama, criando um lugar mais macio para dormir e limpar a área de cobras e insetos.
  • Eles estão ficando confortáveis. Assim como os humanos se reviram antes de adormecer, o seu cão costuma dar a volta na cama para se preparar para finalmente descansar.
7. Chorar no carro

Chorar dentro de um carro é muito comum entre os cães, de acordo com o site mypetchild.com. Provavelmente é devido ao estresse ou medo de estar em um espaço pequeno, ansiedade sobre viagens anteriores ao veterinário, ou pode simplesmente ser porque seu cão não gosta do movimento de um carro. Para quebrar um padrão de ansiedade, tente distraí-los com petiscos.

O enjôo de viagem também pode fazer com que seu cão tenha dor de estômago. Você pode remediar isso abrindo uma janela para dar a seu cão um pouco de ar fresco ou movendo-o para frente para olhar pela janela.

8. Perseguir suas próprias caudas

De acordo com o o especialista em comportamento canino Cesar Millan, da série de televisão Dog Whisperer, eles farão isso por causa do tédio e para gastar um pouco de energia.

Alguns cães podem perseguir o rabo para chamar sua atenção, especialmente se você lhes deu um feedback positivo observando e rindo no passado. Seu cão pode fazer isso sempre que quiser que você observe e brinque.

Outro motivo potencial pode ser quando algo está errado. Às vezes, os cães perseguem e mastigam o rabo quando são incomodados por vermes ou pulgas ou quando apresentam algum outro problema médico.

9. Montar em pernas, cobertores e bichos de pelúcia

Você pode achar constrangedor quando seu filhote montar na perna do seu convidado durante um jantar, mas transar com coisas é natural para ele. É simplesmente um comportamento sexual entre todos os cães, segundo Cesar Millan, não importa se são machos ou fêmeas, mesmo que tenham sido castrados. Mas outras coisas também desencadeiam o hábito. É uma forma de exercer poder e controle, estabelecendo uma hierarquia social.

Além disso, geralmente ocorre quando um cão fica superexcitado durante uma brincadeira, seus sentimentos ficam fora de controle quando alguém o visita ou ele fica estressado. Também pode ser um sinal de sub-socialização se o seu cão não estiver acostumado a brincar com outros cães.

10. Chutar, choramingar, latir, ou rosnar enquanto dorme

Isso acontece porque os cães sonham. Se você quiser saber se seu cão está sonhando, Stanley Coren, colunista da revista American Kennel Club Family Dog, sugere que observe cerca de 10 a 20 minutos depois de adormecer. Se você puder ver os olhos do seu cão se movendo atrás das pálpebras, isso significa que ele está no sono REM e começou a sonhar.

  • Back to top